Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Rodovia Rio-Santos é liberada após quatro horas de manifestação - Jornal Brasil em Folhas
Rodovia Rio-Santos é liberada após quatro horas de manifestação


A rodovia Rio-Santos (BR-101) que ficou fechada por mais de quatro horas, nos dois sentidos, foi liberada há pouco. Ex-funcionários da empresa Limppar, prestadora de serviços da prefeitura da cidade, demitidos recentemente, atearam fogo em pneus e bloquearam a estrada nos dois sentidos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o congestionamento na chegada a Angra dos Reis, nas proximidades do bairro Areal, já chegava a mais de 5 quilômetros. O ato teve início às 7h, de acordo com a PRF.

Os manifestantes exigiam a presença de algum representante da prefeitura para negociar. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e está no local. Os ex-servidores terceirizados dizem que alguns benefícios não foram arcados pela prefeitura depois das rescisões de contrato.

A Limppar Coletas e Serviços admitiu, por meio de nota, que atrasou o pagamento do vale-alimentação, e disse que a prefeitura deve à empresa mais de R$ 15 milhões.

Em nota, a prefeitura de Angra disse que as obrigações com os trabalhadores são de responsabilidade da empresa prestadora do serviço de coleta de lixo e, para evitar qualquer inadimplência perante a categoria, a administração reteve os pagamentos da Limppar.

Vale salientar que não restou outra saída ao Governo, uma vez que pagamentos anteriores destinados a repasses aos funcionários não foram honrados pela empresa. Sendo assim, em reunião com o Sindicato de Asseio e Conservação do Sul Fluminense e integrantes da comissão dos empregados, foi esclarecido que, em Reclamação Trabalhista ajuizada pelo sindicato da categoria, será depositado os valores devidos a cada trabalhador, buscando que as obrigações trabalhistas sejam revertidas, de fato, para os funcionários.”

A prefeitura destacou que os atrasos não são de responsabilidade do município e que a empresa demorou a apresentar as notas de serviços.

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212