Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Rodovia Rio-Santos é liberada após quatro horas de manifestação - Jornal Brasil em Folhas
Rodovia Rio-Santos é liberada após quatro horas de manifestação


A rodovia Rio-Santos (BR-101) que ficou fechada por mais de quatro horas, nos dois sentidos, foi liberada há pouco. Ex-funcionários da empresa Limppar, prestadora de serviços da prefeitura da cidade, demitidos recentemente, atearam fogo em pneus e bloquearam a estrada nos dois sentidos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o congestionamento na chegada a Angra dos Reis, nas proximidades do bairro Areal, já chegava a mais de 5 quilômetros. O ato teve início às 7h, de acordo com a PRF.

Os manifestantes exigiam a presença de algum representante da prefeitura para negociar. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e está no local. Os ex-servidores terceirizados dizem que alguns benefícios não foram arcados pela prefeitura depois das rescisões de contrato.

A Limppar Coletas e Serviços admitiu, por meio de nota, que atrasou o pagamento do vale-alimentação, e disse que a prefeitura deve à empresa mais de R$ 15 milhões.

Em nota, a prefeitura de Angra disse que as obrigações com os trabalhadores são de responsabilidade da empresa prestadora do serviço de coleta de lixo e, para evitar qualquer inadimplência perante a categoria, a administração reteve os pagamentos da Limppar.

Vale salientar que não restou outra saída ao Governo, uma vez que pagamentos anteriores destinados a repasses aos funcionários não foram honrados pela empresa. Sendo assim, em reunião com o Sindicato de Asseio e Conservação do Sul Fluminense e integrantes da comissão dos empregados, foi esclarecido que, em Reclamação Trabalhista ajuizada pelo sindicato da categoria, será depositado os valores devidos a cada trabalhador, buscando que as obrigações trabalhistas sejam revertidas, de fato, para os funcionários.”

A prefeitura destacou que os atrasos não são de responsabilidade do município e que a empresa demorou a apresentar as notas de serviços.

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212