Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Ex-diretor da PDVSA assume culpa por lavagem de dinheiro nos EUA - Jornal Brasil em Folhas
Ex-diretor da PDVSA assume culpa por lavagem de dinheiro nos EUA


Um ex-diretor da petroleira estatal venezuelana PDVSA se declarou culpado nos Estados Unidos de lavagem de dinheiro através de um sistema organizado de propinas, anunciaram nesta quinta-feira (19) as autoridades americanas.

O cidadão venezuelano César Rincón, de 50 anos, reconheceu as acusações em um tribunal federal de Houston, Texas, segundo comunicado do Departamento de Justiça.

Rincón, extraditado da Espanha, onde morava, para os Estados Unidos após sua prisão em outubro de 2017, tem que pagar uma multa de mais de 7 milhões de dólares, que corresponde às somas recebidas por meio deste sistema de propinas. Sua pena será anunciada em 9 de julho.

De acordo com as autoridades americanas, entre janeiro de 2012 e junho de 2013, Rincón e outros cinco diretores da PDVSA e de agências estatais venezuelanas começaram a executar um mecanismo para lavar dinheiro em Caracas.

Na prática, eles pediam subornos a investidores e empresas energéticas, prometendo contratos com a PDVSA em troca.

Cesar Rincón admitiu ter pessoalmente aceitado propinas de Roberto Rincón, de 57 anos, morador do Texas, e de Abraham Jose Shiera, de 54 anos, de Coral Gables, Flórida.

As denúncias foram feitas no âmbito de uma investigação cuja base jurídica é a Foreign Corrupt Practices Act (FCPA), uma lei americana sobre práticas de corrupção no exterior.

O Departamento de Justiça também tem ações contra os quatro cúmplices de Cesar Rincón: Luis Carlos de Leon, de 41 anos; Nervis Villalobos, de 50; Alejandro Isturiz, de 33; e Rafael Ernesto Reiter, de 39. O primeiro foi extraditado em 9 de março da Espanha para os Estados Unidos, enquanto Villalobos e Reiter esperam ser extraditados, e Isturiz, segundo autoridades americanas, continua em liberdade.

Ao todo, 11 pessoas já assumiram a culpa nesta ampla investigação, segundo o departamento.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212