Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Juiz intima primo de Macri e ex-ministros de Cristina Kirchner - Jornal Brasil em Folhas
Juiz intima primo de Macri e ex-ministros de Cristina Kirchner


O juiz Marcelo Martínez de Giorgi intimou 49 pessoas suspeitas de envolvimento no esquema de desvios da construtora Odebrecht na Argentina. Na relação, estão dois ex-assessores do governo de Cristina Kirchner (2007-2015) - os ex-ministros Julio de Vido e José López - e Angelo Cacaterra, primo do atual presidente, Mauricio Macri. Eles são investigados por irregularidades em obras ligadas à empreiteira.

No processo, que estuda o suposto pagamento de propina por parte de empresas a funcionários públicos para a concessão das obras para a modernização da Ferrovia Sarmiento de Buenos Aires, também foram intimados empresários argentinos e brasileiros.

Os depoimentos começarão no dia 6 de junho. O ex-ministro De Vido, processado por suposto favorecimento à Odebrecht em contratos para ampliação de dois gasodutos, será o primeiro a prestar esclarecimentos. A previsão é estender os depoimentos até outubro.

Na decisão, o juiz Giorgi afirma que há provas que permitem sustentar o estado de suspeita instaurado em torno dos fatos ocorridos em relação ao processo licitatório em questão, que estão vinculados de maneira direta com os pagamentos efetuados por parte das empresas a funcionários públicos.

Calcaterra, primo de Macri, foi dono da construtora Iecsa e, em março do ano passado, fechou um acordo para a venda da companhia ao empresário Marcelo Mindlin. O projeto da Ferrovia Sarmiento está sendo investigado pela Justiça argentina desde que, no início do ano passado, o jornal La Nación divulgou informações sobre supostas transferências que ocorreram menos de um mês depois do início das obras.

Em dezembro de 2016, a Odebrecht admitiu ter pagado cerca de US$ 35 milhões em propinas na Argentina.

 

Últimas Notícias

Temer sanciona MP 846 e o Brasil tem as apostas esportivas legalizadas
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212