Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Justiça dos EUA descarta apresentar acusações por morte de Prince - Jornal Brasil em Folhas
Justiça dos EUA descarta apresentar acusações por morte de Prince


A justiça americana informou, nesta quinta-feira (19), que não apresentará acusações pela morte do ícone do pop Prince, ao concluir uma investigação que não foi capaz de determinar como ele conseguiu o analgésico que provocou sua morte.

Sem motivo e sem suspeito identificado, a justiça americana não pode iniciar processos penais vinculados à morte de Prince, disse em uma conferência de imprensa Mark Metz, promotor do condado de Carver, perto de Minneapolis, onde o músico morava.

Prince morreu aos 57 anos, em 21 de abril de 2016, em sua casa de Paisley Park, por uma overdose acidental do potente analgésico fentanil, um opioide 50 a 100 vezes mais poderoso que a morfina, usado para tratar dores crônicas, que só pode ser obtido com receita médica.

O departamento de Justiça anunciou também um acordo com Michael Todd Schulenberg, o médico que atendeu Prince duas vezes antes de seu falecimento.

O médico que admitiu ter receitado Percocet, outro potente analgésico opioide, a um amigo do músico, aceitou pagar 30.000 dólares à justiça e se submeter a controles reforçados durante os próximos dois anos, para que as prescrições dos medicamentos que receita sejam monitoradas.

Mark Metz lembrou que a investigação estabeleceu que os medicamentos prescritos por Schulenberg não foram a causa da morte do músico.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212