Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA dão sinal de apoio a aumento do financiamento do Banco Mundial - Jornal Brasil em Folhas
EUA dão sinal de apoio a aumento do financiamento do Banco Mundial


O secretário de Tesouro americano Steven Mnuchin indicou, neste sábado (21), que Washington atenderia ao pedido do Banco Mundial para aumentar a capacidade de empréstimo, em troca de reformas para reduzir empréstimos a países de renda mais alta, como a China

Os Estados Unidos, maiores acionistas da instituição, rejeitaram o pedido do Banco Mundial em outubro. Neste sábado, contudo, Mnuchin elogiou os avanços que estavam sendo feitos, especialmente o plano de transferir significativamente os empréstimos para clientes mais pobres.

Apesar de não citar a China nominalmente, Mnuchin elogiou a mudança para um um novo alvo de alocação de empréstimos baseado em renda e a reintrodução de cobranças diferenciadas para os empréstimos. Isso significa que países mais ricos pagariam taxas de juros mais elevadas.

Isso incentivará mutuários mais ricos e com mais capacidade de crédito a buscar financiamento de mercado para atender às suas necessidades de desenvolvimento, disse Mnuchin em um comunicado à reunião da primavera boreal do comitê do Banco Mundial.

O banco busca uma ampliação de capital de 13 bilhões de dólares, que inclui 5,5 bilhões para o braço de financiamento privado da instituição, a Corporação Financeira Internacional, segundo a imprensa.

O presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, disse nesta sexta-feira que a instituição realiza discussões detalhadas extensas com os países membros sobre as mudanças necessárias para obter essa aprovação, mas negou que as reformas tenham como alvo qualquer economia específica.

O banco concordou em aumentar os empréstimos para os países de renda média baixa, mas não há nada no acordo que tenha como alvo nenhum país específico, disse ele à imprensa.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212