Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Para facilitar acesso à biometria, SP recebe ação itinerante do TSE - Jornal Brasil em Folhas
Para facilitar acesso à biometria, SP recebe ação itinerante do TSE


Foi lançado hoje (23) em São Paulo o Programa Justiça Eleitoral Itinerante que tem, entre outros objetivos, a intenção de facilitar o acesso ao cadastramento biométrico. A iniciativa, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pretende também aproximar o eleitor e ampliar a capacitação de pessoas que estejam envolvidas no processo eleitoral.

O programa, que utilizará ônibus equipados para coleta de biometria, terá início em São Paulo, que é o maior colégio eleitoral do país, com mais de 33 milhões de votantes. Cerca de 14 milhões dos eleitores de São Paulo já fizeram a biometria. Nestas eleições, 100 municípios paulistas vão utilizar o sistema de identificação biométrica para votação.

O Justiça Eleitoral Itinerante deve se estender aos demais tribunais regionais no período pré-eleitoral de 2018, percorrendo as cinco regiões do país. A meta é cadastrar as impressões digitais de todos os eleitores até 2022. De acordo com o presidente do TSE, ministro Luiz Fux, que esteve presente no evento, o prazo deve ser cumprido e o programa de itinerância é um passo importante para isso.

Biometria

O eleitor que não fez a biometria nos municípios onde o cadastramento é obrigatório ainda poderá regularizar a situação até 9 de maio. Esta é a data-limite do calendário eleitoral para alistamento, transferência e atualização de dados. Confira a lista dos municípios em que a biometria será obrigatória para as eleições deste ano.

Cerca de 2,5 milhões de pessoas foram convocadas para o cadastramento das impressões digitais em São Paulo. Guarulhos e Sorocaba somam mais da metade desse eleitorado. Em Guarulhos, de 950.067 eleitores, cerca de 206 mil ainda não fizeram biometria. Em Sorocaba, dos 503.933 eleitores, cerca de 93 mil ainda não realizaram o procedimento.

Quem não fizer o cadastramento terá o título cancelado e não poderá votar nas eleições de 2018. Além disso, terá impedimentos na vida civil, como obter empréstimos em bancos públicos, tomar posse em cargo públicos, renovar matrícula em estabelecimento oficial de ensino e obter passaporte.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212