Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Macri pede corte de impostos para aliviar alta de tarifas na Argentina - Jornal Brasil em Folhas
Macri pede corte de impostos para aliviar alta de tarifas na Argentina


O presidente da Argentina, Mauricio Macri, pediu nesta segunda-feira aos governadores de províncias e prefeitos que cortem impostos para atenuar a alta das tarifas de luz, gás e água, cujos fortes aumentos têm causado comoção social e política.

Peço-lhes que eliminem os impostos que cobram sobre os serviços públicos e assim ajudarão a aliviar a carga sobre cada consumidor, cada comércio e cada pequena e média empresa, disse Macri em um discurso ao país.

O governo dispôs a partir de abril aumentos de 45% a 58% no preço do gás natural. Já os ajustes nas contas de eletricidade oscilam entre 39% e 47%, enquanto as de água potável subirão 26%.

Os aumentos tarifários de serviços essenciais têm causado uma reação de manifestações de rua e protestos em todo o país.

A primeira resposta positiva ao pedido de Macri veio da governadora da província de Buenos Aires, María Eugenia Vidal, da aliança governante de direita Cambiemos. Minutos após o discurso do presidente, Vidal reduziu os tributos sobre a luz, o gás e a água em uma província com 18 milhões de habitantes. A população total na Argentina soma 43 milhões de pessoas.

No entanto, ainda não se sabe qual será a conduta dos 23 distritos restantes, governados na maioria pela oposição.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212