Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Atropelamento deliberado deixa ao menos dez mortos em Toronto - Jornal Brasil em Folhas
Atropelamento deliberado deixa ao menos dez mortos em Toronto


Ao menos dez pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas em Toronto depois que o motorista de uma van alugada atropelou deliberadamente uma multidão de pedestres no centro da cidade, informou a Polícia.

Este ato parece claramente deliberado, declarou o chefe de polícia da maior cidade do Canadá, Mark Saunders.

A Polícia identificou o motorista como Alex Minassian, um jovem de 25 anos, originário do subúrbio de Richmond Hills, ao norte da cidade.

O ministro da Segurança Pública, Ralph Goodale, escreveu no Twitter que NÃO parece haver conexão de Segurança Nacional com o terrível evento, insinuando que possa se tratar de um ato isolado.

O atropelamento ocorreu às 13H27 do horário local (17H27 GMT, 14h27 horário de Brasília), informou a polícia da capital econômica do Canadá no Twitter.

É um evento muito grave, havia dito mais cedo Goodale, demonstrando cautela em tirar conclusões sobre o ocorrido. A polícia está investigando, acrescentou.

As autoridades haviam alertado nas redes sociais que uma van branca havia ferido de oito a dez pessoas na rua Yonge, na esquina da avenida Finch, ao norte do centro de Toronto. O motorista foi preso 26 minutos depois.

Dez pessoas foram para a emergência do Hospital Sunnybrook e, entre elas, duas foram declaradas mortas na chegada, disse o médico do centro Dan Cass. Cinco pessoas se encontram em estado crítico, acrescentaram.

Em sua edição on-line, o jornal Toronto Sun publicou a foto de um homem identificado como o motorista, enquanto era detido pelos agentes. A Polícia confirmou que era ele que conduzia o veículo.

Estava no carro quando de repente vi uma van branca que subia na calçada esmagando as pessoas (...), (o motorista) ia em alta velocidade, descreveu Alex Shaker, que testemunhou a cena, à rede de televisão CTV.

Nunca vi algo assim, havia gente caída no caminho, acrescentou.

Ambulâncias e veículos policiais chegaram ao local e várias pessoas foram retiradas em macas, segundo imagens aéreas da televisão canadense.

Uma van de aluguel branca com a carroceria frontal amassada foi detida na calçada da via principal da cidade, após ter sido cercada por veículos policiais.

Nossos corações estão com todos os afetados por este acidente, declarou o primeiro-ministro, Justin Trudeau, à Câmara dos Comuns.

O acidente aconteceu em Toronto, onde é celebrada a reunião de ministros de Segurança Pública do G7.

- Veículos como armas -

O caso lembra o modus operandi dos ataques com veículos em grandes cidades como Nova York, Barcelona, ​​Londres, Nice, Paris, Berlim e Estocolmo, onde radicais transformaram carros e vans em armas, ao atropelarem pedestres, levando-os à morte.

No entanto, a polícia ainda não esclareceu as motivações do motorista de Toronto.

Assim como outros países, o Canadá tem sido alvo de ataques extremistas, apesar de o número de vítimas ter sido menor.

Em outubro passado, um homem esfaqueou um policial antes de atropelar e ferir quatro pedestres com uma van em Edmonton, no oeste do Canadá.

Em Quebec, em outubro de 2014, um canadense atropelou dois militares em um estacionamento, matando um deles. Depois disso, o motorista foi abatido pela polícia depois de tentar atacá-los com uma faca.

Este ataque aconteceu dois dias antes do perpetrado no Parlamento de Ottawa, quando um homem de 23 anos morreu após disparar e matar um soldado.

Em março de 2016, um radical islamita canadense atacou dois soldados em um centro de recrutamento em Toronto.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212