Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 BMG mantém liderança do ranking de reclamações de clientes no Banco Central - Jornal Brasil em Folhas
BMG mantém liderança do ranking de reclamações de clientes no Banco Central


O banco BMG continua na liderança do ranking de reclamações de clientes contra instituições financeiras, segundo informou hoje (15) o Banco Central (BC). O banco está à frente na lista de bancos e financeiras com mais de 2 milhões de clientes e superou o Itau no índice do BC.

O BMG registrou índice de 66,40, bem distante do Itau, que ficou em segundo lugar, com 8,53. O índice do Bradesco chegou a 8,41. No mês passado, o BMG já tinha configurado no topo da mesma lista, com índice de 71,85.

Para elaborar o ranking, as reclamações são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Assim, é gerado o índice, que representa o número de reclamações de cada instituição financeira para cada grupo de 1 milhão de clientes.

Irregularidades

Em fevereiro, o número de reclamações consideradas procedentes pelo BC contra o BMG ficou em 154. No caso do Itaú, foram 513 reclamações e do Bradesco, 651.

No total, o BC recebeu em fevereiro 2.669 reclamações consideradas procedentes. A principal reclamação, com 300 casos, está relacionada a irregularidades envolvendo a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito. Em seguida, ficaram as queixas (259) relacionadas a oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada. Em terceiro lugar (217), a cobrança irregular de tarifa por serviços não contratados.

BMG

Por meio de email, o BMG informou que o ranking do Banco Central promove a comparação de instituições financeiras com realidades distintas. O BMG esclarece que foram classificadas como procedentes 154 reclamações. Este número é inferior quando comparado às reclamações procedentes dos demais bancos que ocupam as colocações inferiores do ranking. O BMG destaca que trabalha com transparência, respeito aos clientes e em acordo com a legislação vigente.

Bradesco

O Bradesco também respondeu por meio de email. Conforme o banco, a posição do Bradesco no ranking do Banco Central reflete a inclusão de registros específicos decorrentes de processos que estão sendo ajustados e que visam a constante melhoria no atendimento aos clientes. A qualidade de atendimento sempre foi nosso foco e está priorizada nos programas de treinamento contínuo ao nosso quadro de colaboradores.

Itaú

Também por email, o banco Itaú informou que todas as manifestações de nossos clientes são objeto de nossa melhor atenção e representam oportunidades de melhorias. Continuaremos trabalhando nessas oportunidades para reduzir reclamações e aumentar a satisfação de nossos clientes”.

* A matéria novamente alterada às 17h25 para inclusão dos posicionamentos dos bancos Bradesco e Itaú. O do BMG já havia sido incluido.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212