Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Guterres diz que mundo precisa de “abordagem holística” para a paz - Jornal Brasil em Folhas
Guterres diz que mundo precisa de “abordagem holística” para a paz


O secretário-geral da ONU disse hoje (24) que o mundo precisa de uma “abordagem holística” para alcançar a paz. Para António Guterres, esta nova estratégia “dá prioridade à prevenção e resolve as causas do conflito ao integrar a paz, o desenvolvimento sustentável e os direitos humanos.” A informação é da ONU News.

O chefe das Nações Unidas falava durante um encontro na Assembleia Geral, em Nova York, que reúne chefes de Estado e de governo e representantes da sociedade civil para discutir uma nova abordagem para a paz.
Secretário-geral fala na Assembleia Geral sobre a paz
Frágil e em risco

No seu discurso, Guterres disse que “a paz é frágil e está em risco em muitos lugares no mundo.”Ele afirmou que existem hoje mais conflitos do que nas últimas três décadas, com um número recorde de deslocados mundo afora, violações de direitos humanos, e aumento do nacionalismo, do racismo e da xenofobia.

O chefe da ONU afirmou ainda que “a escala e a natureza desse desafio pedem parcerias estratégicas e operacionais mais próximas.” Segundo ele, a ONU trabalha em todas as fases desse processo, desde a prevenção de conflitos, à resolução e à manutenção.

Lidar com a paz enquanto ela existe

Guterres deu como exemplo desse trabalho a criação nas Nações Unidas, no mês passado, do Conselho Consultivo de Alto Nível para a Mediação de Conflitos e o lançamento da Ação para a Manutenção de Paz.

Ele acredita que “estes esforços começam a dar frutos.” Na Libéria, por exemplo, a transição da Missão de Paz das Nações Unidas (Unmil), para uma equipe nacional “demonstrou um novo nível de coordenação e preparação na ONU.”

Apesar destes avanços, Guterres disse que “muito ainda precisa ser feito, tanto nos países em risco como nas Nações Unidas, ” citando a importância de incluir mulheres e jovens no processo e do contributo que o desenvolvimento sustentável pode ter para a paz.

O secretário-geral terminou dizendo estar “determinado em preparar a ONU para o mundo de amanhã.” Nesta quarta-feira (25), ele fala sobre o mesmo tema no Conselho de Segurança.

O encontro é uma iniciativa do presidente da Assembleia Geral, Miroslav Lajcák, que defendeu, em entrevista à ONU News, que a organização “precisa olhar para as suas ferramentas, ver o que tem à disposição, seja mediação ou diplomacia preventiva, e perceber como usa essas ferramentas e o que falta. ”

Ele disse que as Nações Unidas têm de se focar na prevenção de conflito e que “é preciso lidar com a paz enquanto ela existe, não quando já está perdida. ”

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212