Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Guterres diz que mundo precisa de “abordagem holística” para a paz - Jornal Brasil em Folhas
Guterres diz que mundo precisa de “abordagem holística” para a paz


O secretário-geral da ONU disse hoje (24) que o mundo precisa de uma “abordagem holística” para alcançar a paz. Para António Guterres, esta nova estratégia “dá prioridade à prevenção e resolve as causas do conflito ao integrar a paz, o desenvolvimento sustentável e os direitos humanos.” A informação é da ONU News.

O chefe das Nações Unidas falava durante um encontro na Assembleia Geral, em Nova York, que reúne chefes de Estado e de governo e representantes da sociedade civil para discutir uma nova abordagem para a paz.
Secretário-geral fala na Assembleia Geral sobre a paz
Frágil e em risco

No seu discurso, Guterres disse que “a paz é frágil e está em risco em muitos lugares no mundo.”Ele afirmou que existem hoje mais conflitos do que nas últimas três décadas, com um número recorde de deslocados mundo afora, violações de direitos humanos, e aumento do nacionalismo, do racismo e da xenofobia.

O chefe da ONU afirmou ainda que “a escala e a natureza desse desafio pedem parcerias estratégicas e operacionais mais próximas.” Segundo ele, a ONU trabalha em todas as fases desse processo, desde a prevenção de conflitos, à resolução e à manutenção.

Lidar com a paz enquanto ela existe

Guterres deu como exemplo desse trabalho a criação nas Nações Unidas, no mês passado, do Conselho Consultivo de Alto Nível para a Mediação de Conflitos e o lançamento da Ação para a Manutenção de Paz.

Ele acredita que “estes esforços começam a dar frutos.” Na Libéria, por exemplo, a transição da Missão de Paz das Nações Unidas (Unmil), para uma equipe nacional “demonstrou um novo nível de coordenação e preparação na ONU.”

Apesar destes avanços, Guterres disse que “muito ainda precisa ser feito, tanto nos países em risco como nas Nações Unidas, ” citando a importância de incluir mulheres e jovens no processo e do contributo que o desenvolvimento sustentável pode ter para a paz.

O secretário-geral terminou dizendo estar “determinado em preparar a ONU para o mundo de amanhã.” Nesta quarta-feira (25), ele fala sobre o mesmo tema no Conselho de Segurança.

O encontro é uma iniciativa do presidente da Assembleia Geral, Miroslav Lajcák, que defendeu, em entrevista à ONU News, que a organização “precisa olhar para as suas ferramentas, ver o que tem à disposição, seja mediação ou diplomacia preventiva, e perceber como usa essas ferramentas e o que falta. ”

Ele disse que as Nações Unidas têm de se focar na prevenção de conflito e que “é preciso lidar com a paz enquanto ela existe, não quando já está perdida. ”

Edição: Augusto Queiroz

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212