Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Jovem Cidadão é o primeiro emprego de muitos paulistas - Jornal Brasil em Folhas
Jovem Cidadão é o primeiro emprego de muitos paulistas


O primeiro emprego, qualquer que seja ele, é bastante enriquecedor para formação pessoal e profissional de qualquer um. Pensando nisso, a Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho oferece o programa Jovem Cidadão a milhares de estudantes do ensino médio da rede estadual.

Por meio de estágio remunerado, jovens entre 16 e 21 anos podem adquirir experiência profissional e desenvolver habilidades específicas. Essa é uma maneira de fazer com que os alunos agreguem novos valores a sua formação com a inserção no mercado de trabalho.

“O principal desafio é o jovem tomar consciência da sua importância na jornada laboral, na vida profissional. Por isso, é importante entender o mecanismo, a convivência com um novo mundo e com novos funcionamentos”, comenta o gerente do setor de Seguro-Desemprego da SERT, Miguel Sanchez.

Os jovens interessados em participar do programa devem realizar o cadastro nas secretarias das escolas, postos de atendimento Poupatempo e PAT ou pelo site www.meuprimeirotrabalho.sp.gov.br, que também pode ser utilizado pelas empresas para a oferta de vagas. É necessário, no entanto, que o aluno esteja regularmente matriculado e com frequência efetiva na escola.

“Desde que o Programa foi criado, em 2000, nós já colocamos mais de 195 mil jovens no mercado. É dar uma oportunidade, um crescimento ou mesmo uma profissão a eles. Muitos estagiários têm chance de ser contrato pela empresa”, explica a coordenadora do Jovem Cidadão, Deise Maria de Souza Lima.

Depois que realizam as inscrições, os candidatos são chamados para uma entrevista de emprego de acordo com as exigências da empresa. Se aprovado, é feito um contrato de seis meses, podendo ser renovado por mais seis. A jornada de trabalho varia entre 4 e 6 horárias diárias de segunda à sexta.

Aos 17 anos, Kaique Soares de Moraes conseguiu uma oportunidade no Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), na capital paulista. Hoje, o estudante do terceiro ano do ensino médio completou quatro meses como Jovem Cidadão. Ele conta que ficou sabendo do programa pela mãe, que o levou a uma unidade Poupatempo para realizar o cadastro.

“Em menos de um mês da minha inscrição eu já fui chamado para a entrevista. Quando eu recebi a notícia da contratação, eu fiquei muito feliz. É uma ótima oportunidade”, completa.

Para a coordenadora do Kaique e diretora do Recursos Humanos do DAEE, Dulce Maria Rodrigues, essa é uma oportunidade incrível e um diferencial para o currículo desses jovens. “A empresa já teve outros Jovens Cidadãos além do Kaique. Hoje, alguns deles continuam trabalhando com a gente até hoje. Eles acrescentam muito à equipe”, afirma.

Além do acompanhamento de estágio e psicossocial, o Estado oferece curso online com certificado, bolsa-auxílio de R$ 65 mensais, seguro de vida e acidentes pessoais. Pela empresa, a remuneração mínima é de R$ 3,13 por hora mais auxílio-transporte.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212