Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Congresso mantém veto que impede limite de juros para microcrédito - Jornal Brasil em Folhas
Congresso mantém veto que impede limite de juros para microcrédito


O Congresso Nacional manteve hoje (25) o veto presidencial ao Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), que estabelece a concessão de pequenos empréstimos a empreendedores de baixa renda.

O trecho vetado pelo presidente Michel Temer fixava em 2% ao mês as taxas de juros efetivas nas operações de microcrédito com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O dispositivo vetado também proibia a cobrança de qualquer outra despesa, exceto a Taxa de Abertura de Crédito (TAC) de 3% sobre o valor do empréstimo.
Eunício Oliveira preside sessão do Congresso Nacional para analisar veto a programa de microcrédito e projetos de crédito suplementar para o Orçamento de 2018.

Eunício Oliveira preside sessão do Congresso Nacional - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Na justificativa do veto, o presidente argumentou que a definição em instrumento legal da taxa de juros dificulta eventuais ajustes decorrentes de alterações na política monetária, “podendo acarretar prejuízo à oferta de crédito e prejudicar o alcance dos objetivos da política de microcrédito, indo contra os objetivos do projeto”.

A votação foi definida após mais de quatro horas de debates e enfrentou resistência de deputados oposicionistas, que impediam a apreciação do veto ao entrarem em obstrução política. Para o deputado André Figueiredo (PDT-CE), autor da emenda que instituía o teto da taxa de correção, o dispositivo era necessário para limitar os lucros excessivos das entidades bancárias e preservar importantes recursos. No entanto, por 202 votos favoráveis e 73 contrários, a Câmara dos Deputados manteve o veto e, dessa forma, não precisou ser analisado pelos senadores.

PNMPO

Criado para estimular a geração de trabalho e renda entre os empreendedores populares, o programa é considerado pelo governo um instrumento de inclusão social e o combate à pobreza.

O PNMPO funciona por meio de uma rede de instituições especializadas na concessão de crédito com a orientação técnica necessária ao desenvolvimento sustentável dos empreendimentos financiados. O programa abrange empreendedores com renda bruta anual de até R$ 200 mil.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Bolsonaro participa no Chile de Cúpula Presidencial Sul-Americana
Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212