Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Parceria prevê 2,7 mil novas unidades habitacionais em São Paulo - Jornal Brasil em Folhas
Parceria prevê 2,7 mil novas unidades habitacionais em São Paulo


A prefeitura de São Paulo firmou hoje (26) com o Ministério das Cidades uma parceria para construção de 2,7 mil unidades habitacionais pelo programa Minha Casa, Minha Vida. O convênio terá ainda aporte do governo estadual. O investimento total será de cerca de R$ 340 milhões.

Os sete empreendimentos, que deverão ser contratados ainda este ano, deverão atender principalmente à Zona Leste da capital paulista, na região de São Mateus. Segundo o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, aproximadamente 10 mil pessoas de famílias de baixa renda devem ser beneficiadas. “Pessoas que moram em condições sub-humanas, em áreas de risco, em encostas, que serão reacomodadas em unidades habitacionais do programa para que a gente garanta uma moradia digna, com qualidade”, destacou.
O secretário estadual de habitação, Nelson Baeta, o prefeito Bruno Covas, o ministro Alexandre Baldy e a secretária nacional de habitação, Socorro Gadelha firmam parceria para construção de casas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Até o fim do ano, devem ser contratadas, de acordo com o ministro, pelo menos 650 mil unidades habitacionais através do Minha Casa, Minha Vida. Para a faixa 1, em que a pessoa deve ter renda familiar máxima de R$ 1.800, o objetivo é assegurar 130 mil contratações. Para a faixa 1,5 (renda familiar de até R$ 2.350), a meta é de 70 mil; para a faixa 2 (renda familiar de até R$ 3.600), 400 mil unidades; e para a faixa 3 (renda familiar de até R$ 6.500), 50 mil novas unidades.

Para essas ações estão destinados R$ 9,7 bilhões do Orçamento Geral da União e R$ 63 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O ministro Alexandre Baldy disse que não há previsão de contingenciamento desses recursos.

Na cidade de São Paulo, a expectativa da prefeitura, de acordo com o secretário de Habitação, Fernando Chucre, é entregar 8 mil moradias em 2018, sendo 5 mil unidades ainda neste semestre, não necessariamente ligadas ao programa federal.

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212