Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Jornal oficial chinês chama de bárbaro ataque a pesqueiro na Argentina - Jornal Brasil em Folhas
Jornal oficial chinês chama de bárbaro ataque a pesqueiro na Argentina


O jornal oficial chinês Global Times qualificou nesta quinta-feira de bárbaro e brutal o ataque e afundamento de um pesqueiro chinês pela guarda costeira da Argentina, em um editorial que tachou a ação de inaceitável.

Segundo as fontes oficiais argentinas, a embarcação Lu Yuan Yu 10, de bandeira chinesa, estava pescando na segunda-feira dentro da Zona Econômica Exclusiva Argentina, por isso, segundo o governo argentino, o guarda costeira GC- 28 Derbes realizou advertências aos pescadores por estarem trabalhando sem permissão.

Segundo estas mesmas fontes argentinas, foi iniciado um protocolo de dissuasão para deter o pesqueiro e abordá-lo, mas ele tentou fugir em direção as águas internacionais e a guarda-costeira argentina fez disparos intimidatórios para tentar detê-lo.

Neste confronto, a parte argentina garantiu que o pesqueiro chinês realizou manobras tendentes a colidir com a guarda-costeira, o que justificaria a ação de disparar em pontos-chave do pesqueiro - que começou a fazer água e acabou afundando - para detê-lo.

O editorial do Global Times disse que - se for verdadeiro o relato das autoridades argentinas - afundar o navio foi ir longe demais, já que é uma ação que põe em perigo a vida dos marinheiros, que não deveria ser feita por uma guarda-costeira sensata.

Além disso, o jornal afirmou que afundar embarcações desarmadas é uma atitude bárbara segundo as normas internacionais, que em nenhum caso sugerem usar força letal para evitar atividades de pesca ilegal.

As autoridades chinesas pediram ontem ao governo argentino uma investigação urgente sobre este incidente, além de apresentar uma queixa formal e de pedir medidas efetivas para que não volte a ocorrer algo semelhante.

O Global Times pediu às autoridades argentinas que averiguem com cuidado o caso para buscar as razões reais da ação e que punam os responsáveis, além de garantir que esta aplicação brutal da lei não aconteça de novo.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212