Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Tóquio analisa vídeo de jornalista japonês sequestrado na Síria - Jornal Brasil em Folhas
Tóquio analisa vídeo de jornalista japonês sequestrado na Síria


O governo do Japão está analisando um suposto vídeo do jornalista japonês Jumpei Yasuda, que foi sequestrado em julho do ano passado na Síria por um grupo armado, revelou nesta quinta-feira o ministro das Relações Exteriores do país, Fumio Kishida.

O vídeo foi divulgado na quarta-feira no perfil do Facebook de Tariq Abdul Hak, um ativista da oposição síria, que assegurou em entrevista à emissora japonesa NHK que o jornalista está sendo mantido como refém pela Frente al Nusra, um grupo vinculado à Al Qaeda, e que obteve as imagens de uma pessoa que está intermediando sua libertação.

Sei que foram publicadas algumas imagens e as estamos analisando, disse Kishida ao ser questionado sobre o vídeo pelos veículos de imprensa.

Como governo, a proteção dos cidadãos japoneses é uma de nossas responsabilidades mais importantes, afirmou Kishida, que deu garantias de que o Executivo, seguindo instruções do primeiro-ministro Shinzo Abe, está usando todos os canais a sua disposição para obter informações.

O ministro porta-voz do Executivo, Yoshihide Suga, confirmou mais tarde em uma entrevista coletiva que o homem das imagens parece ser realmente Yasuda.

Suga declarou que o governo não recebeu nenhum pedido de resgate, mas o ativista sírio que publicou o vídeo afirmou aos veículos de imprensa japoneses que o grupo armado teria pedido um pagamento em troca da libertação do jornalista.

Yasuda foi sequestrado em julho do ano passado por um grupo armado em uma área controlada pela Frente al Nusra, algumas horas depois de entrar em território sírio vindo da Turquia.

O repórter entrou na Síria com o objetivo de cobrir várias informações, como o assassinato do jornalista japonês Kenji Goto pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Dos 54 jornalistas sequestrados no mundo todo até dezembro do ano passado, 26 estão na Síria, segundo dados da ONG Repórteres Sem Fronteiras (RSF).

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212