Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Confira a programação cultural gratuita em São Paulo no feriado - Jornal Brasil em Folhas
Confira a programação cultural gratuita em São Paulo no feriado


O feriado prolongado em homenagem ao Dia do Trabalhador, celebrado na próxima terça-feira (1º), tem programação nas instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, além de gratuidade nos museus. Há diversas exposições temporárias em cartaz e atividades gratuitas para toda a família.

Museus

O Museu da Imagem e do Som (MIS) comemora o Dia do Trabalhador com filmes e exposição fotográfica sobre o tema. A Mostra 1º de Maio apresenta uma seleção de longas metragem com o trabalhador como figura central de tramas clássicas, em diferentes fases da história da sociedade. Serão exibidos os filmes Tempos Modernos, de Charlie Chaplin, São Paulo S.A., de Luís Sérgio Person, e Braços cruzados, máquinas paradas, de Sérgio Toledo Segall e Roberto Gervitz. A entrada para a mostra é gratuita.

O público também poderá conferir as cinco mostras da recém-inaugurada exposição Maio Fotografia no MIS 2018, que inclui JOF, uma grande retrospectiva de José Oiticica Filho; Retraço, que apresenta um amplo panorama da produção de Walter Carvalho, com mais de 80 imagens produzidas ao longo de quase cinquenta anos de sua carreira; Malkovich, Malkovich, Malkovich: homenagem aos mestres da fotografia, do norte-americano Sandro Miller, que traz uma série de fotos do ator John Malkovich em releituras de imagens icônicas; Era preciso esperar para saber, do acervo MIS; e Be Aware da fotógrafa Olga Gaia, selecionada pelo Nova Fotografia 2018.

O MIS abre no sábado (28) das 12h às 21h, e no domingo (29) e terça-feira das 11h às 20h. Na terça, a entrada é gratuita. Na segunda-feira (30), o museu estará fechado.

No domingo, às 16h, a Pinacoteca apresenta a Camerata Cantareira, orquestra de cordas da Faculdade Cantareira, sob direção de Marcelo Jaffé. O repertório contemporâneo inclui música de concerto, música brasileira e obras especialmente escritas para o grupo. Quem visitar a instituição poderá aproveitar para conferir também as exposições, Hilma af Klint: Mundos possíveis; Emmanuel Nassar: 81-18; Arte colonial na coleção da Fundação Nemirovsky; José Antonio da Silva e Chão Comum, de Ana Dias Batista. O museu abre para visitação de sábado a segunda. Na terça-feira, a Pinacoteca estará fechada. No sábado, a entrada é gratuita.

Design Aerodinâmico - Metáfora do Futuro; A Casa e a Cidade - Coleção Crespi Prado e Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB são as exposições em cartaz no Museu da Casa Brasileira, que estará aberto e com entrada gratuita no sábado, dominto e terça-feira das 10h às 18h. No dia 30 de abril (segunda-feira), o museu estará fechado.

O Museu Afro Brasil tem cinco exposições recém-inauguradas: Um Frans, a natureza - Exposição em memória de Krajcberg: Esculturas, relevos e fotografias; Um Deoscóredes - 100 anos do Alapini Deoscóredes Maximiliano dos Santos: Arte e Religiosidade; Os Africanos – O olhar europeu da fotografia contemporânea; África Contemporânea e África e a presença dos espíritos.

Duas delas oferecem homenagens póstumas a dois nomes fundamentais das artes visuais no Brasil no século XX: o pintor, escultor, gravurista e fotógrafo Frans Krajcberg (1921-2017), falecido no ano passado; e Mestre Didi (1917-2013), cujo centenário de nascimento foi celebrado no último dia 2 de dezembro. O museu estará aberto no sábado, dominto e terça-feira. Na segunda, estará fechado. No sábado, a entrada é gratuita.

A Casa das Rosas apresenta no sábado, às 14h30, o recital Expresso Poesia: O stand-up da Casa das Rosas, com o poeta Ni Brisant apresentando sua obra ao público. No dia seguinte, às 15h, acontece a contação de história Drummond: Convite à Preguiça, inspirada na obra infantil de Carlos Drummond de Andrade. O museu estará aberto também no dia 1º de maio (terça-feira), das 10h às 18h. Na segunda, estará fechado.

No Museu do Futebol, o público poderá aproveitar os últimos dias de visitação ao túnel do antigo vestiário, que estará aberto até o domingo. O espaço liga um dos vestiários originais ao gramado. No percurso, um som ambiente reproduz o que jogadores vivenciam antes de partidas – os áudios contêm momentos como preleção, concentração e reação da torcida à entrada em campo. No sábado e domingo, às 11h e às 14h, o historiador Sérgio Paz vai se caracterizar como Charles Miller e acompanhar o público em uma viagem especial pelo túnel e pela história. O museu estará aberto também no dia 1º de maio, das 9h às 18h. Na segunda-feira, estará fechado.

Litoral

A Baixada Santista também terá programação durante o feriado: o Museu do Café, em Santos, está com a exposição itinerante Estação da Língua Portuguesa, que exibe acervos do Museu da Língua Portuguesa (atualmente em reconstrução). A instituição estará aberta sábado e domingo e terça-feira. Quem visitar o museu, poderá também conhecer as exposições temporárias Vai um Café? Cafeteiras e Modos de Preparo e Desconstruindo uma Epopéia. Na segunda-feira, 30 de abril, o espaço estará fechado.

Em Bertioga, no sábado, às 15h, o Circuito Cultural Paulista leva o espetáculo circense Um Solo de Três Palhaços, da Cia Tramp de Palhaços, para a Rua Professor Geraldo Rodrigues Montemor, 295. Na história, três primos se reencontram após a morte do avô e, ao analisar objetos e histórias deixadas pelo velho palhaço, redescobrem suas raízes. A apresentação é gratuita.
Bibliotecas

A Biblioteca de São Paulo, na capital paulista, terá programação para todas as idades no feriado. No sábado (28), bebês e crianças com idade entre seis meses e quatro anos poderão participar, às 11h, da atividade Lê no Ninho, que estimula a leitura por meio de livros lúdicos, tablets, contação de histórias e músicas. Das 11h às 13h, os visitantes podem aproveitar o Jogos para Todos!, com oficina de xadrez e partidas entre os participantes. A iniciativa contará com tabuleiros adaptados para pessoas com deficiência visual.

No mesmo dia, às 11h, o programa Segundas Intenções recebe o escritor Ignácio de Loyola Brandão para um bate-papo com o público; às 16h, no programa Hora do Conto, a Cia Os Fabulistas diverte a todos com a história Em férias, de Monteiro Lobato. No domingo, o Lê no Ninho se repete às 11h30. O Sarau na BSP leva literatura, canto e poesia a todos das 14h30 às 16h30, e às 16h, a Hora do Conto apresenta O Monstro Monstruoso na Caverna Cavernosa, de Rosana Rios, com a Cia. Bisclof. Na terça-feira, às 16h, o público poderá assistir à contação da história O Palácio Maravilhoso, de Malba Tahan, com o grupo Histórias em Movimento.

Na Biblioteca Parque Villa-Lobos, os visitantes poderão aproveitar os últimos dias da Exposição-caderno: Villa-Lobos 2015-2017, de Rubens Matuck, com reproduções do caderno de viagem que Matuck elaborou durante suas idas ao Parque Villa-Lobos entre 2015 e 2017. No dia 28, às 10h30, bebês e crianças poderão participar do Lê no Ninho com seus familiares. Das 15h às 17h, o Jogos para todos! também promove oficina de xadrez, e, às 16h, em Hora do Conto, Mirela Estelles e Amarilis Reto contam Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato, com interpretação em Libras.

No domingo, o Lê no Ninho acontece às 10h30, e a Hora do Conto, às 16h, conta a história Quando a lua tomou chá de sumiço, de Maria Amália Camargo, com o grupo Recantação. Por fim, no dia 1º de maio, a Hora do Conto apresenta Divina Albertina, de Christine Davenier, com o grupo Arte Negus, às 16h.

Todas as atividades das bibliotecas são gratuitas e não é necessário realizar inscrição para participar.

Oficinas Culturais

Na Oficina Cultural Oswald de Andrade, o público poderá conferir hoje, às 18h, o espetáculo Famintos, que levanta o questionamento: qual a função do artista na atualidade? Já no dia 30 de abril, às 19h, e no dia 1º de maio, às 18h, o espaço apresenta o espetáculo Muro, do Coletivo Favela em Cena, em que dois pichadores contam histórias de diversos personagens da periferia com muito bom humor e poesia, embalados por uma discotecagem ao vivo. Muro é indicado para maiores de 16 anos.

Também no dia 1º, às 18h, a peça Adoráveis Criaturas Repulsivas convida o público a se aventurar em um circo decadente, cujo dono quer dedetizar o espaço, mas não pode, porque suas únicas atrações são insetos submetidos a precárias relações de trabalho – atividade recomendada para maiores de 14 anos. Todos os espetáculos são gratuitos. O local estará aberto no sábado, segunda e terça-feira. No (domingo), o espaço não abre.

Osesp

No sábado, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo promove recital dedicado ao piano brasileiro com o pianista e compositor André Mehmari apresentando sua série Estudos Brasileiros, com obras de Nazareth, Gnatalli, Guinga e Tia Amélia, além de composições próprias. Mais informações no site.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212