Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Tiroteio na Rocinha deixa moradores sem luz há mais de 24 horas - Jornal Brasil em Folhas
Tiroteio na Rocinha deixa moradores sem luz há mais de 24 horas


Moradores da favela da Rocinha nos bairros da Gávea e de São Conrado, zona sul do Rio, com mais de 200 mil moradores, estão sem luz desde a manhã de ontem (1º), depois que tiros atingiram transformadores de energia nas áreas da Roupa Suja e Dionéia, na comunidade. A Light informou que um trecho foi restabelecido, mas alguns clientes estão sem energia há mais de 24 horas.

De acordo com a concessionária “estamos trabalhando para substituir o equipamento e restabelecer a energia”.

Ontem, homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar foram atacados por criminosos na região conhecida como “Roupa Suja”, na parte alta da favela. Houve um tiroteio intenso e disparos de armas pesadas, principalmente fuzis atingiram transformadores de energia e cabos de média tensão da concessionária de energia. Como o clima era de insegurança, as equipes de reparo da Light não conseguiram fazer os reparos necessários. Em algumas ruas o serviço foi normalizado com as equipes de rua acessando à Rocinha.

Por medida de segurança, devido ao tiroteio, a Autoestrada Lagoa-Barra ficou interdita por aproximadamente 30 minutos. De acordo com a Polícia Militar, não houve prisões ou feridos no conflito.

O policiamento na comunidade da Rocinha é reforçado diariamente com as tropas de elite da Polícia Militar desde setembro do ano passado, após a guerra entre as quadrilhas de Antonio Bonfim Lopes, o “Nem da Rocinha” e de Rogério Avelino de Souza, o “Rogério 157” que lutam pelo domínio do tráfico de drogas na comunidade. Devido aos tiroteios diários, as Forças Armadas foram chamadas pelo governo do Rio para atuar na comunidade. Depois de uma semana de ocupação, os militares deixaram a região e o patrulhamento ficou a cargo da Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha, com reforço das tropas de elite da corporação.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

Temer participa da conferência dos países de língua portuguesa
Goiás Fomento liberou R$ 37 milhões para setor empresarial de Aparecida de Goiânia
Food Garden Flamboyant oferece conteúdo e o melhor da gastronomia
TIM contempla clientes de todo o Brasil com um par de ingressos para cinemas
Goiás quer menos desperdício de dinheiro e mais ações sociais efetivas em parceria com as igrejas, diz Ronaldo Caiado em Catalão
Evolução de Meirelles em pesquisas anima MDB
Lotéricas lutam para continuar recebendo faturas da Enel
Congresso aprova diretrizes orçamentárias para 2019

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212