Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Doenças causadas por carrapatos, pulgas e mosquito triplicaram nos EUA - Jornal Brasil em Folhas
Doenças causadas por carrapatos, pulgas e mosquito triplicaram nos EUA


Doenças como Zika, Lyme e Nilo causadas por mosquitos, carrapatos e de pulgas triplicaram nos Estados Unidos entre 2004 e 2016. Mais de 640 mil casos foram registrados no país no período analisado. Além disso nove novos germes transmitidos pelo carrapato foram descobertos nos últimos 13 anos. A informação foi divulgada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças(CDC).

O relatório divulgado nessa terça-feira (1º) pelo CDC afirmou que estas doenças: Zika, Nilo Ocidental, Lyme e Chikungunya e outras infecções transmitidas por animais peçonhentos tem confrontado os Estados Unidos e deixado muitas pessoas doentes.

O estudo ainda não consolida números de 2017, mas com a proximidade do verão no país, as autoridades do CDC alertam os estados para reforçar campanhas para prevenção de picadas e infestações.

O diretor do CDC, Robert R. Redfield, afirmou que é preciso investir no controle dos vetores. As primeiras linhas de defesa são departamentos de saúde estaduais e locais e organizações de controle de vetores, e devemos continuar a melhorar nosso investimento capacidade de lutar contra essas doenças”.

A informação é parte do último relatório de Sinais Vitais dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Mas segundo o órgão, este é o primeiro estudo que examina coletivamente as tendências de várias doenças, transmitidas por diferentes insetos (mosquitos, pulgas e carrapatos).

A conclusão do estudo é que os Estados Unidos não estão completamente preparados para controle de doenças causadas por estes transmissores. Chamou a atenção dos pesquisadores o aumento de transmissões da Lyme, uma doença transmitida por carrapatos. A proliferação de doenças transmitidas pelo carrapato cresceu 60% e segundo o CDC varia de região para região.

Além disso, os vírus mais comuns transmitidos foram o Nilo, Dengue e Zika.

O CDC afirmou que o aumento de casos está relacionado há vários fatores: maior exposição da população, que viaja ou recebe viajantes de áreas contaminadas, que acabam trazendo os vírus e infestando os vetores dentro do país.

A recomendação da agência de controle de doenças é que os estados e o governo federal invistam para reduzir a propagação dessas doenças e responder efetivamente aos surtos. Isso exigirá investimento para controlar mosquitos,carrapatos e prevenir novas infecções, pondera o comunicado.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212