Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Comissão de Trabalho rejeita criação de cadastro de condenados em conselhos profissionais - Jornal Brasil em Folhas
Comissão de Trabalho rejeita criação de cadastro de condenados em conselhos profissionais


A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público rejeitou, na última quarta-feira (25), projeto do deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) que cria o Cadastro Nacional de Condenados por Infração Disciplinar para identificar indivíduos que já tenham sofrido condenações definitivas pelos respectivos conselhos profissionais (PL 7085/17).

O relator, deputado Jorge Côrte Real (PTB-PE), apresentou parecer contrário ao texto por entender que os profissionais punidos pelos órgãos fiscalizadores são contratados por pessoas que nem sempre são capazes de compreender a razão das punições aplicadas, o que poderia criar uma barreira intransponível para esses profissionais retomarem o exercício de suas atividades.

Côret Real: A informação circula nos dias atuais de forma muito mais
vigorosa, razão pela qual os que contratam terceiros sempre dispõem de meios para apurar a procedência e a qualidade dos produtos e serviços

Segundo o parlamentar, se um hospital deseja contratar um médico, pode e deve verificar se o Conselho Regional de Medicina mantém em seu cadastro o histórico de alguma irregularidade cometida pelo profissional. “A avaliação, nesse contexto, será feita por quem sabe apreciar as circunstâncias em que a punição foi aplicada”, avalia o parlamentar.

Por outro lado, Côrte Real afirma que as vítimas desses profissionais nem sempre concordam que se dê publicidade ao assunto. “Ainda que se divulgue a punição sem que se teça referência a quem sofreu os efeitos da correspondente infração, bastará que se faça uma ligação de causa e efeito para que a imagem de pessoas inocentes venha a ser indevidamente afetada”, explica o deputado.

Tramitação
O projeto, que tramita conclusivamente, ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Natalia Doederlein



 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
China e commodities lideram aumento das exportações brasileiras
Procuradora aposentada condenada por torturar criança é presa no Rio
Operação prende 204 pessoas e autua 81 motoristas alcoolizados em SP
Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018
Receita Federal exclui 521 mil empresas devedoras do Simples Nacional

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212