Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Vacina contra dengue é 100% eficaz, diz estudo - Jornal Brasil em Folhas
Vacina contra dengue é 100% eficaz, diz estudo


Uma vacina experimental contra a dengue, o vírus mais comum transmitido por um mosquito, foi 100% eficaz em seus primeiros testes, resultados que poderiam acelerar a criação de uma vacina contra a zika - disseram pesquisadores nesta quarta-feira.

A dengue, da mesma família dos flavivírus da zika, infecta cerca de 390 milhões de pessoas por ano em mais de 120 países.

Seus sintomas são geralmente leves, mas a cada ano mais de dois milhões de pessoas desenvolvem a dengue hemorrágica, que pode levar a dores de cabeça severas, erupção cutânea e dor atrás dos olhos, articulações, músculos e ossos.

Mais de 25.000 pessoas morrem de dengue hemorrágica a cada ano.

Sabendo o que sabemos sobre esta nova vacina, temos a certeza que vai funcionar, disse Anna Durbin, professora associada de medicina internacional na Escola Bloomberg de Saúde Pública da Universidade Johns Hopkins e principal autora do estudo.

- Quatro cepas -

A vacina candidata, conhecida como TV003, foi testada num grupo de 48 pessoas. Metade delas foram vacinadas e a outra metade recebeu um placebo.

A TV003 foi conduzida por pesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH) dos Estados Unidos a partir de uma mistura de vírus fracos mas vivos, cada um dos quais apontam para os quatro sorotipos de dengue.

Seis meses após a vacinação, ambos os grupos foram expostos a uma forma enfraquecida da dengue do serotipo 2, que é a mais agressiva das quatro estirpes do vírus.

Pesquisas anteriores sobre a TV003, que tem estado em desenvolvimento há 15 anos, mostraram que a vacina funcionou bem impedindo os vírus 1, 3 e 4.

A porção da vacina foi projetada para evitar a dengue 2 mostraram uma resposta imunológica significativa nas pessoas, pois em vez aconteceu nos outros três componentes, disse a universidade em um comunicado.

Mas desta vez os investigadores procuraram além da resposta imune e rastrearam evidência de infecção: o vírus no sangue, a erupção cutânea e a redução do nível de células brancas do sangue.

Das 41 pessoas que permaneceram no estudo até o fim, nenhuma das 21 que foram vacinadas mostraram evidência de dengue.

Em troca, as 20 pessoas no grupo placebo, todas, registraram o vírus da dengue no sangue. 80% deles desenvolveram uma erupção cutânea e 20% apresentaram uma contagem de células brancas do sangue baixa, sugerindo que seus corpos estavam lutando contra a infecção.

O estudo foi realizado nos Estados Unidos, onde a dengue não circula na população. Isto ajudou os investigadores na identificação da eficácia da vacina em pessoas que não tinham sido previamente expostas a qualquer estirpe de dengue.

No mês passado, começou no Brasil um teste mais amplo de fase 3. Esta é uma das várias vacinas candidatas atualmente em período de ensaios clínicos.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212