Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Reajuste da conta de água será questionado pela Procuradoria-Geral do DF - Jornal Brasil em Folhas
Reajuste da conta de água será questionado pela Procuradoria-Geral do DF


O reajuste da tarifa da água e de esgoto, autorizado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa-DF), será questionado administrativamente. O governador Rodrigo Rollemberg determinou que a Procuradoria-Geral do DF entre com recurso na agência reguladora.

A Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb), por sua vez, fica incumbida de não aplicar a nova tarifa às contas dos usuários. A medida foi anunciada nesta quarta-feira (2) em coletiva de imprensa no Palácio do Buriti.

O questionamento se dá em razão de os valores estarem acima da inflação e não condizerem com a situação em que Brasília se encontra. “Considero inadequado qualquer aumento agora e inadmissível um aumento com porcentuais acima da inflação”, afirmou Rollemberg.

O chefe do Executivo local também determinou à Caesb a adoção das providências necessárias para garantir o equilíbrio das contas sem o aumento do preço cobrado pelo abastecimento de água. “Reconhecemos todo o esforço da população para que os reservatórios estejam hoje com volumes muito mais altos.”

O reajuste da tarifa havia sido autorizado em 30 de abril, após audiência pública convocada pela Adasa. Os novos índices corrigiriam em 2,99% o preço cobrado pelo serviço prestado pela Caesb a partir de 1º de junho.

Leia o pronunciamento do governador Rodrigo Rollemberg na entrevista coletiva sobre a tarifa de água e esgoto.

Edição: Marina Mercante

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212