Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Você investe em ações? Saiba o que esperar com Lula no governo - Jornal Brasil em Folhas
Você investe em ações? Saiba o que esperar com Lula no governo


Com a chegada do ex-presidente Lula à Casa Civil, os reflexos no Ibovespa foram notáveis: o índice recuou 500 pontos minutos após a confirmação da notícia na manhã desta quarta-feira (16). Às 15h14 (horário de Brasília), porém, o índice se recuperou devido a rumores de que Henrique Meirelles reassumiria o Banco Central. O cenário, caracterizado pela grande volatilidade, gera insegurança ao investidor, que vê suas ações diretamente impactadas e se pergunta qual a melhor forma de agir em momentos como este. De acordo com o analista Pedro Galdi, a nomeação pode ter vários motivos: para que Lula consiga “fugir” das investigações da Lava Jato, para salvar Dilma do impeachment ou para trazer outros nomes para salvar a economia do país, como Henrique Meirelles. Seja qual for o motivo, o analista reforça que o cenário é instável e que o investidor deve manter cautela. Galdi diz que há risco dos bancos quererem reviver a condição do crédito fácil, o que não seria positivo, visto que as famílias estão cada vez mais endividadas e os bancos, sem dinheiro. O analista diz que o cenário de Bolsa pesada e muito volátil é perigoso para o investidor e que este deve, portanto, procurar por papéis menos voláteis, como os da Ambev, Raia Drogasil e Lojas Renner. Por outro lado, papéis dos bancos, como o Banco do Brasil, assim como o setor elétrico e a Petrobras devem sair prejudicados com essa jogada política. Para o analista da consultoria de investimentos WhatsCall, Flávio Conde, a nomeação de Lula para a Casa Civil é mais uma prova para o investidor estrangeiro de que o Brasil é um país arriscado para investimentos. “A chance do dólar subir é grande, já que o Lula pode buscar uma política de utilização das reservas internacionais para fomentar a economia, o que é horrível para o dólar”. Apesar disso, Conde afirma que o preço da Bolsa pode ficar mais atrativo aos estrangeiros, justamente pelo aumento do câmbio: “Para a Bolsa o efeito é menos traumático. Com o dólar subindo ela pode ficar mais barata em dólar. Além disso, o preço das ações já está em um nível relativamente baixo, ou seja, não tem muito mais o que cair”. Segundo Conde, o investidor deve ficar muito atento no que pode vir a ocorrer principalmente no campo político. Ele afirma ainda que o momento não é o melhor para realizar investimentos muito arriscados, mas de analisar o mercado e esperar. “A partida não terminou, ainda estamos no meio tempo”, conclui.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212