Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Disque-Denúncia oferece recompensa sobre falsa juíza que agia no Rio - Jornal Brasil em Folhas
Disque-Denúncia oferece recompensa sobre falsa juíza que agia no Rio


O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia está divulgando hoje (4) cartaz com recompensa de R$ 1 mil por informações que levem à captura de Andréa Rosângela Marques Pinto, de 54 anos. Ela é acusada de aplicar golpes em diversos pessoas e se apresentava como juíza federal do Tribunal Federal de São Pedro da Aldeia, município da Região dos Lagos.

Andréa aliciava as vítimas com a promessa de que necessitava montar o gabinete com pessoas de confiança e que garantiria cargo publico comissionado de técnico judiciário ou de motorista. Ela cobrava taxa de adesão de R$ 2 mil pelo falso emprego.

Em 2012, Andréa já havia sido presa por aplicar golpes no valor de R$ 20 milhões em fiéis de igrejas de cinco estados: Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. À época, foi apontada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul como líder da quadrilha de estelionatários presos pela Operação Deus Tá Vendo.

As investigações mostram que Andréa se passava por juíza federal, promotora, delegada e auditora da Receita Federal, e apresentava às vítimas documentos que comprovariam a legalidade do negócio.

O delegado Marcello Maia, da delegacia de Cabo Frio, chegou até uma comparsa de Andréa Pinto - Andrea Milhomem - no último dia 27, que foi presa no bairro Parque Burle, em Cabo Frio. Ela é acusada de aliciar um grupo de pessoas que pode ter ultrapassado 11 vítimas, a maioria formada por ex-funcionários de uma loja no centro da cidade, onde a acusada trabalhou como gerente. Também foram lesados familiares de funcionários e vizinhos.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização da falsa juíza, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; Facebook (inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

Edição: Graça Adjuto

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212