Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Saúde recomenda monitoramento da resistência de bactérias aos antibióticos em hospitais - Jornal Brasil em Folhas
Saúde recomenda monitoramento da resistência de bactérias aos antibióticos em hospitais


A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde (Gevs), divulgará uma nota técnica, entre todos os hospitais públicos e privados da Paraíba, com recomendações para o monitoramento da resistência de bactérias aos antibióticos. O objetivo é fortalecer as ações da Comissão Estadual de Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss-PB), do Lacen-PB e da Agevisa nos serviços hospitalares. O trabalho será por meio de monitoramento das recomendações, a exemplo de visitas técnicas, confirmação de resultados laboratoriais e inspeções sanitárias.

A resistência das bactérias aos medicamentos é um dos problemas mais graves que atingem os pacientes. As recomendações, que seguem critérios do Ministério da Saúde, têm a intenção de qualificar e fortalecer a Rede.

“A nota técnica nada mais é do que a orientação do fluxo, que já acontece de forma rotineira. Por meio dela, a SES vai ter condições de melhorar o monitoramento de eventuais surtos que possam vir a ocorrer”, explicou a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Renata Nóbrega.

De acordo com a nota, há atribuições de cada instituição. Entre as missões do Lacen-PB, estão armazenar temporariamente os isolados com confirmação fenotípica, relacionados ao surto, para subsidiar análises e informações futuras para a vigilância e monitoramento da resistência microbiana.

Entre as atribuições da Comissão de Controle da Infecção Hospitalar dos Hospitais (CCIH), está notificar o possível surto, em até 72 horas. Para os laboratórios de microbiologia dos hospitais, uma das atribuições é comunicar, imediatamente, à CCIH a identificação de bactérias ou mecanismos de resistência novos dentro do contexto epidemiológico do país.

Para a Ceciss, entre as missões estão apoiar e auxiliar a CCIH na investigação do surto e reportar os resultados laboratoriais e da investigação do surto para a Anvisa. Para a Agevisa, as atribuições são supervisionar qualidade da rede laboratorial de microbiologia dos hospitais.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212