Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Iphaep e Unipê produzem inventário do Batalhão da Polícia Militar - Jornal Brasil em Folhas
Iphaep e Unipê produzem inventário do Batalhão da Polícia Militar


Alunos e professores do Unipê apresentaram, esta semana, ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) o resultado parcial de um Inventário sobre o Batalhão da Policia Militar da Paraíba. O “produto”, orientado pelo professor Fhillipe Germano e coordenado pelo arquiteto e urbanista Gúbio Mariz, é o mais novo resultado do termo de Cooperação Técnica, Científico e Cultural assinado, desde o ano passado, entre o Iphaep e o Unipê – Centro Universitário de João Pessoa.

A parceria envolve a pesquisa, vistoria, extensão e estágio e, em paralelo a esse processo, está sendo feita a compatibilização e atualização dos mapas referentes aos municípios tombados de acordo com seus respectivos decretos de tombamento. Até agosto, serão realizados mais de 50 Inventários de imóveis e seus bens móveis e integrados, que possuem Decreto Estadual de Tombamento e estejam localizados na capital paraibana.

“O trabalho dos professores e alunos é realizado por meio do Ubt-ec, uma espécie de escritório de serviços mantido internamente pelo Unipê, e vem se revelando de suma importância para que o Iphaep possa atender ao pedido do Ministério Público Estadual e à sociedade, no sentido de mapear e desenvolver um Inventário dos bens históricos/culturais e patrimoniais que possuam relevância para a cidade”, explicou a diretora do Iphaep, Cassandra Figueiredo. “Até julho deste ano, temos agendada uma série de encontros com o Unipê, sendo que a próxima apresentação deve acontecer no próximo dia 18 de maio”.

NÚMEROS – No ano passado, o trabalho começou a ser executado por meio de uma equipe composta de uma professora e quatro alunos. Mas neste semestre o número aumentou, passando para quatro professores e oito alunos. “Durante a celebração do Convênio, foram elencados um total de 58 imóveis e seus bens móveis e integrados, sendo que no ano passado foram feitos 10 Inventários. Até o final do projeto, a ideia é que as equipes do Unipê atinjam o patamar de 80 por cento deste número”, explicou o coordenador Gúbio Mariz.

Segundo ele, o trabalho acadêmico tem início quando se materializam duas fases: o levantamento de dados (quando o estudante busca informações sobre o bem, pesquisando em órgãos públicos, meios digitais e bibliografia especializada) e o deslocamento, in loco, até a sede do imóvel tombado (no qual o aluno faz a conferência dos dados, o levantamento fotográfico e arquitetônico – medições e verificações qualitativas – e detecta o estado de preservação do bem.

Somente com esses dados em mãos é que o estudante, orientado pelo professor e com supervisão do Iphaep, passa a preencher a ficha do Inventário. “Nesse instante, são realizadas três fichas para cada imóvel, resultando em dados históricos, arquitetônicos, culturais e patrimoniais dos seguintes objetos: o imóvel e seu entorno, a contextualização do imóvel em si e, por último, a apreensão da parte interna do imóvel e seus bens móveis e integrados”, revelou Gúbio Mariz.

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Após recorde, Ibovespa fecha em queda e dólar em alta
UFBA abre edital com vagas para pessoas trans, quilombolas e indígenas
Museu da Imigração lança programa de residência artística em SP
Parlamento da Venezuela prepara declaração de usurpação da Presidência
Parlamento britânico rejeita acordo para saída do Reino Unido da UE

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212