Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Audiência pública debate regularização de terras rurais no Território Norte - Jornal Brasil em Folhas
Audiência pública debate regularização de terras rurais no Território Norte


“Com os parceiros, estou otimista que os agricultores familiares vão conseguir regularizar a terra. Tem família na quarta geração que ainda não tem a posse e isso é muito triste”, disse o agricultor familiar Adailton Silva de Oliveira, o Totoca, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Fé de Minas, no Território Norte.

Ao lado de Buritizeiro, o município receberá entre os dias 21 e 25 de maio, mutirão para o cadastramento das famílias, que há anos aguardam pela análise dos documentos que comprovam a posse da terra. O trabalho é realizado em parceria com a Empresa Mineira de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG), prefeitura municipal, câmara dos vereadores e sindicatos ligados à agricultura familiar.

“Em maio, nossa equipe estará nos municípios para fazer o cadastramento dos interessados. É importante que o beneficiário compareça ao escritório da Emater-MG no período para que a gente faça a análise dos documentos”, disse o subsecretário de Acesso à Terra da Seda, Geraldo Abreu, ao representar a Seda em recente audiência pública na Câmara Municipal de Buritizeiro, a 350 quilômetros de Belo Horizonte. Santa Fé de Minas também foi outro município que recebeu a audiência pública.

A ação faz parte da retomada do programa estadual de regularização fundiária rural, atendendo demanda histórica da região. Desde a reestruturação do programa, em 2015, o Governo de Minas Gerais já emitiu mais de 2,5 mil títulos de propriedades rurais.

Acesso à terra

Em audiência no município, o prefeito de Buritizeiro, Jorge Humberto Rodrigues (Jorjão), afirmou que a administração pública deve investir nas prioridades, em ações que “realmente faça a diferença na vida dos mais necessitados”.

“O Norte de Minas é um dos principais focos de investimentos do governo, estamos de portas abertas para todos agentes que queiram contribuir para o desenvolvimento de nosso município”, afirmou.

A presidente da Câmara Municipal de Buritizeiro, Ludimila Lôpo, destacou que é a primeira vez que a novo plenário da Câmara Municipal recebe uma audiência pública. “Isso demonstra a grandeza de nossos comunidades rurais”, reforçou.

Documentos

Para que seja feito o cadastramento nos municípios, a pessoa interessada deve levar os seguintes documentos pessoais (Identidade, CPF, certidão de nascimento, certidão de casamento; atestado de óbito; comprovante de residência; etc).

Para comprovar a posse, é preciso levar declaração comprobatória (Sindicato de Trabalhadores Rurais, Emater-MG, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável - CMDRS, Prefeitura Municipal); contratos particulares que versem sobre cessão ou transferência, a qualquer título, do imóvel rural; conta de luz; CCIR; ITR; CAR; cartão de produtor rural (inscrição estadual); cadastro perante o IMA, IEF, Igam, etc; fotografias; recibos ou notas fiscais relativos a insumos utilizados na posse; recibos ou notas fiscais relativos a negociação de bens ou produtos agrícolas ou animais; fotografias; entre outros.

Todos os documentos pessoais para cadastramento nos municípios são obrigatórios. No caso da comprovação de posse, o interessado deve levar o maior número possível de comprovantes que tiver. Se não possuir todas, isso não impedirá a sequência do processo.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212