Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cursos profissionalizantes da Utramig começam na próxima semana - Jornal Brasil em Folhas
Cursos profissionalizantes da Utramig começam na próxima semana


Na próxima semana, no período de 7 a 10 de maio (segunda a quinta-feira), a Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig) dá início a diversos cursos profissionalizantes no âmbito do Pronatec/FIC, nos municípios de Belo Horizonte e Sabará.

A presidente da Utramig, Vera Victer, participará de algumas das aulas inaugurais. Na segunda-feira (7/5), por exemplo, ela dará as boas-vindas a duas turmas de jovens que começam os cursos de Assistente de Produção Cultural e Agente Cultural, cursos realizados em parceria com o Observatório da Juventude da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

“Eu entendo que estas duas capacitações significam um reforço aos jovens de periferia envolvidos em coletivos culturais, para uma ação mais significativa em sua área e em seu território de atuação. Entre os jovens, a qualificação ganha centralidade no contexto de atuação comunitária, pois através da cultura acontece a participação social. Os cursos possuem potência educativa, por esta razão acreditamos e investimos muito nesta parceria com a Utramig”, afirma um dos fundadores e integrantes do Observatório da Juventude da UFMG e professor da pós-graduação da faculdade de Educação, Juarez Dayrell.

Já na terça-feira (8/5), Vera Victer receberá outras três turmas, dos cursos de Assistente de Produção Cultural, Agente Cultural e Organizador de Evento. Estas qualificações são executadas em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e a ONG Rebeldia, criada pelo rapper Flávio Renegado.


No período de 7 a 10 de maio, terão início 15 dos 17 cursos programados para o primeiro semestre de 2018. Ao todo, serão beneficiadas 450 pessoas, entre elas, jovens de periferia e mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Além desses cursos, terão início, ainda em maio, os cursos de Gestor de Microempresa e Assistente Administrativo para pré-egressos do sistema prisional e de Agente de Resíduos Sólidos para catadores de materiais recicláveis.

“Todos esses públicos normalmente não são absorvidos pelo mercado de trabalho, a nossa contribuição é para que vislumbrem essa possibilidade”, afirma a presidente da Utramig, Vera Victer.

Mercado de trabalho e população socialmente vulnerável

De acordo com a Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio (PNAD-IBGE), o Brasil fechou o ano passado com 26 milhões de desempregados. O estudo feito no quarto trimestre de 2017 confirmou mais uma vez que mulheres, jovens, pretos e pardos são segmentos populacionais mais afetados por crises econômicas, devido à falta de experiência e à baixa escolaridade.

Ainda segundo dados da pesquisa, as taxas de desocupação são as mais altas para os trabalhadores com ensino médio incompleto (20,4%); entre as mulheres (13,4%); entre os jovens de 14 a 17 anos (39%), seguidos pelos jovens entre 18 a 24 anos (25,3%), índices bem superiores à taxa de desemprego em Minas Gerais, no mesmo período, 10,6%.

Por outro lado, estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostrou uma recuperação do mercado de trabalho e apontou queda na taxa de desocupação, exatamente nos segmentos primeiramente afetados pela retração no mercado formal de empregos. O estudo foi feito a partir dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC). Redução de 3,8 pontos percentuais na taxa de desemprego foi observada em relação aos trabalhadores com ensino médio incompleto, na comparação entre o primeiro e o último trimestre de 2017. Entre os jovens de 18 a 24 anos a queda foi de 3,5 pp e entre as mulheres de 2,6 pp.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212