Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo leva programação de prevenção às drogas para aglomerados da capital - Jornal Brasil em Folhas
Governo leva programação de prevenção às drogas para aglomerados da capital


Falar sobre drogas de forma lúdica, divertida e com muitas brincadeiras. Foi essa a experiência que crianças e adolescentes do Centro de Integração Martinho, localizado na Vila Nossa Senhora de Fátima, Aglomerado da Serra, tiveram a oportunidade de vivenciar.

Eles participaram da ação de prevenção ao uso e abuso de álcool e outras drogas, promovidas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), por meio da Subsecretaria de Políticas Sobre Drogas (Supod).

O Centro, que atende crianças e adolescentes carentes da região e oferece oficinas de arte e educação no contra turno da escola, foi o primeiro a receber as atividades de política sobre drogas, que agora, além das escolas, se estende também para as vilas e favelas de Belo Horizonte.

Ao todo, 25 crianças e adolescentes, de 10 a 14 anos, puderam conhecer um pouco sobre o que são as drogas, seus diferentes tipos (lícitas e ilícitas) e os malefícios que causam. Isso por meio de vídeos em formato de desenhos, dinâmicas e rodas de conversa.

Na oportunidade, eles puderam tirar dúvidas, trocar informações e obter novos conhecimentos sobre álcool e outras drogas. “Com esse bate-papo, os meninos, além de se tornarem multiplicadores de conhecimento, desenvolverão escolhas conscientes. Eles conseguiram entender que as drogas só fazem mal”, explica a psicóloga da Sesp, Suely Azevedo.

O evento tem como intuito levar essa população, que convive com as drogas muito de perto, a falar abertamente sobre o tema e a entender que as drogas podem dar prazer, mas que isso é momentâneo e que os malefícios trazidos são muito maiores.

A subsecretária de Política sobre Drogas da Sesp, Claúdia Leite, conta que “a Supod, com essas ações de prevenção nas vilas e favelas de Belo Horizonte, busca articular esforços junto à população local, fomentando fatores de proteção nos territórios de maior vulnerabilidade social”.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212