Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Polícia Civil incinera 2,5 toneladas de entorpecentes apreendidas em 2017 - Jornal Brasil em Folhas
Polícia Civil incinera 2,5 toneladas de entorpecentes apreendidas em 2017


Quase duas toneladas e meia de drogas foram incineradas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (04.05), em Cuiabá. A destruição da droga, entre maconha, pasta base de cocaína e drogas sintéticas, ocorreu na fornalha de uma fábrica de estocagem de grãos, na Rodovia dos Imigrantes, bairro Distrito Industrial.

O grande volume de entorpecentes é resultado de apreensões realizadas no ano de 2017, que geraram diversos inquéritos policiais e Termos Circunstânciados de Ocorrência (TCO).

Conforme o delegado titular da DRE, Vitor Chab Domingues, as duas toneladas e meia de entorpecente foram apreendidas ao longo do ano de 2017, pelas unidades da Polícia Civil, bem como apreensões realizadas pela Polícia Militar que são entregues nas duas Centrais de Flagrantes, de Cuiabá e Várzea Grande.

Vitor Chab explica que a metodologia de trabalho da DRE é dividida em duas vertentes de combate ao tráfico de drogas. uma com foco enfrentamento ao tráfico interestadual que envolve grandes carregamentos de drogas vindo do Estado de Mato Grosso do Sul (MS) e da fronteira com a Bolívia.

O segundo foco visa o combate ao “tráfico formiguinha” que abastece as bocas de fumo enraizadas nos bairros da baixada cuiabana e Várzea Grande, o qual também fomenta outros tipos de delitos como roubo, homicídio, furto e latrocínio, e traz a sensação de insegurança as comunidades, onde os índices de criminalidades são maiores.

“Além do trabalho das equipes policiais, as grandes apreensões são resultados de denúncias anônimas feitas pela sociedade. Toda denúncia que chega a DRE é devidamente checada pelos policiais”, destacou o delegado.

No montante de drogas incineradas também havia apreensões de outras unidades da Polícia Civil como Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), 3ª Delegacia do Coxipó e Delegacia de Nossa Senhora do Livramento.

O diretor metropolitano do laboratório florense, Paulo Sérgio Vasconcelos, frisou a importância da parceria entre os órgãos da segurança pública visando a retirada de substâncias entorpecentes das ruas. “A Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de repressão a Entorpecente vem de forma excelente cumprindo o seu trabalho”, enalteceu Paulo Sérgio.

Presente na queima da droga, o juiz de direito da 13ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, Francisco Pereira Mendes, destacou a brilhante atuação da DRE e no combate ao tráfico de drogas. “É um trabalho realizado de forma séria e honesta, o qual resultou na apreensão de grande quantidade de entorpecentes, assim como diversos procedimento policiais, somente no ano de 2017”, destacou.

Acompanharam o ato de incineração os policiais civis da DRE, da Gerência de Operações Especiais (GOE), equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), representantes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), OAB-MT, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Publico Estadual, Autoridade Judiciária da Vara Criminal de Cuiabá, entre outros convidados.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212