Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Prazo para regulação de pacientes da Caravana de Sinop é até 18 de Maio - Jornal Brasil em Folhas
Prazo para regulação de pacientes da Caravana de Sinop é até 18 de Maio


Os municípios beneficiados na Caravana da Transformação em Sinop já iniciaram o cadastro de regulação dos pacientes que vão passar consultas e cirurgias. Ao todo, 18 municípios participam da 14ª edição da Caravana que será realizada entre os dias 21 de Maio e 02 de Junho, no estacionamento do Estádio Gigante do Norte.

Em Sinop, a regulação é feita nas unidades de saúde dos bairros e também na Central de Regulação. Para fazer o cadastro, é necessário ter idade a partir de 55 anos e apresentar o RG, Cartão do SUS e comprovante de endereço.

Ao receber o comprovante, o paciente terá acesso a data e horário do agendamento da consulta. As cirurgias de catarata, pterígio e yag laser são marcadas após avaliação médica na Caravana. Nesta edição mais de 5 mil pessoas devem passar pelo procedimento cirúrgico, conforme estimativa da organização. As consultas, exames e cirurgias são realizadas sem custos à população.

A regulação dos pacientes dos municípios de Sorriso, Cláudia, Feliz Natal, Santa Carmem, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Lucas do Rio Verde, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, São José do Rio Claro, Santa Rita do Trivelato, Tapurah, Vera, Diamantino, Tabaporã e União do Sul, está sendo realizada apenas na Central de Regulação Municipal.

As Prefeituras municipais são responsáveis pelo deslocamento dos pacientes até a cidade sede e também pela entrega dos coletes que auxiliam na identificação da cidade. Eles estão separados por cor. Além de auxiliar a população que não tem condições de pagar uma cirurgia ou consulta particular, a Caravana da Transformação é realizada com recursos próprios do Governo do Estado e todos os procedimentos são pagos com valores da tabela SUS.

A equipe médica é formada por cirurgiões, anestesistas e um oftalmologista responsável pelo acompanhamento pós-operatório de 24h, sete dias e 30 dias.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212