Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Indea irá fiscalizar propriedades na fronteira com a Bolívia - Jornal Brasil em Folhas
Indea irá fiscalizar propriedades na fronteira com a Bolívia


A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa começou nesta terça-feira (01.05), em Mato Grosso. Durante 35 dias, equipes do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT), compostas por médicos veterinários e agentes fiscais, irão atuar na fiscalização da vacinação em propriedades rurais, nos municípios de Cáceres, Porto Espiridião, Pontes e Lacerda, e Vila Bela da Santíssima Trindade, na área de 15 km de fronteira seca com a Bolívia.

Na região de fronteira com a Bolívia existem mil estabelecimentos rurais, dos quais serão fiscalizadas cerca de 250 propriedades. A seleção será com base na análise de risco gerada a partir do relatório de vigilância veterinária, atividade que vem sendo realizada na região desde setembro de 2017. De acordo com a presidente do Indea, Daniella Bueno, as ações se concentram na fronteira por ser considerada uma área de maior vulnerabilidade.

“Este é um trabalho estratégico, de inteligência com foco em áreas que podem oferecer risco à pecuária mato-grossense. É um trabalho direcionado para o grande passo que é a retirada da vacinação, aprimorando o trabalho de vigilância e protegendo o estado da reintrodução de doenças. Isso torna a fiscalização mais eficaz, com menor custo e atinge o mesmo objetivo”, destacou Daniella Bueno.

As propriedades serão selecionadas de acordo com o grau de risco identificado, em médio e alto. Estas propriedades receberão a visita das equipes do Indea para notificação e agendamento da vacinação, que poderá ser assistida ou fiscalizada.

Alguns critérios são usados para determinar o grau de risco como a movimentação de rede, que mostram quais são as propriedades com maiores movimentações dentro da faixa de fronteira; o fácil acesso à Bolívia; e a comercialização de animais com outras propriedades.

Para a realização da atividade o Indea conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e do setor produtivo por meio do Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa-MT).

Comunicação

Após a vacinação do rebanho, o produtor rural precisa fazer a comunicação junto ao Indea do seu município, até o dia 11 de junho. A declaração deve conter a contagem dos animais por idade e sexo e deve ser apresentado junto da Nota Fiscal da compra das vacinas.

Para facilitar o atendimento dos produtores da região de fronteira com a Bolívia, o Indea ampliou os locais para o recebimento da comunicação, conforme tabela abaixo:

Horário de atendimento: 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30
Comunidade Palmarito, na Escola Municipal Duque de Caxias 30 e 31 de maio
Ponta do Aterro, no Posto Avançado do Indea localizado na subprefeitura 1º de maio a 10 de junho (somente em dias úteis)
Comunidade Vila Picada, na Escola Municipal D. Lila Hill de Souza 24 de 25 de maio
Assentamento Corixinha, na barreira sanitária do Indea 23 a 25 de maio

Diálogo

A Coordenadoria de Defesa Sanitária Animal do Indea se reuniu em Cáceres, na última sexta-feira (27.04), com produtores rurais, médicos veterinários, e representantes de lojas veterinárias. A reunião teve o objetivo de apresentar a estratégia de fiscalização na fronteira e dirimir dúvidas. Foram abordados temas como brucelose, raiva dos herbívoros, vigilância veterinária, o trabalho do Indea enquanto órgão de defesa em Mato Grosso e a retirada da vacinação de febre aftosa. O evento contou com a presença do secretário de Agricultura e Desenvolvimento Econômico de Cáceres, Junior Trindade, e do presidente do Sindicato Rural, Jeremias Pereira Leite.

Vigilância contínua

O Indea implantou o programa de vigilância veterinária e fiscalização na faixa de 15 km denominada “Área de Vigilância da Fronteira com a República da Bolívia”, em setembro de 2017. A atividade abrange os municípios de Cáceres, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade, e tem o objetivo de reduzir o risco de introdução e/ou instalação de doenças exóticas e pragas quarentenárias já erradicadas no território mato-grossense.

As equipes do Indea realizam diariamente fiscalizações volantes de trânsito, e acompanham embarques e desembarques de bovinos das propriedades alvo. A atividade foi desenvolvida em consonância com Ministério da Agricultura, alicerçado pela Guia Técnica de Trabalho para a última etapa do Programa Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa (Phefa).



 

Últimas Notícias

Temer participa da conferência dos países de língua portuguesa
Goiás Fomento liberou R$ 37 milhões para setor empresarial de Aparecida de Goiânia
Food Garden Flamboyant oferece conteúdo e o melhor da gastronomia
TIM contempla clientes de todo o Brasil com um par de ingressos para cinemas
Goiás quer menos desperdício de dinheiro e mais ações sociais efetivas em parceria com as igrejas, diz Ronaldo Caiado em Catalão
Evolução de Meirelles em pesquisas anima MDB
Lotéricas lutam para continuar recebendo faturas da Enel
Congresso aprova diretrizes orçamentárias para 2019

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212