Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Contribuintes podem aderir ao Refis com descontos de até 75% sobre juros e multas - Jornal Brasil em Folhas
Contribuintes podem aderir ao Refis com descontos de até 75% sobre juros e multas


Contribuintes em débito com o Estado têm até o dia 30 de maio para aderir ao Programa de Recuperação de Créditos do Estado de Mato Grosso (Refis), que permite descontos de até 75% sobre juros e multas no pagamento à vista.

O parcelamento pode ser feito em até 60 vezes, dependendo do valor da dívida. Neste caso, o desconto é de 15% incidente sobre o total dos juros e da multa moratória. O Refis visa estimular o pagamento de créditos tributários inscritos ou não na dívida ativa por meio do perdão da penalidade pecuniária, sob a gestão da Procuradoria Geral do Estado (PGE) ou de outras secretarias.

Contribuintes inscritos ou não da dívida ativa podem aderir ao programa e obter descontos nas negociações em impostos e taxas gerados até 31 de dezembro de 2015. Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), entre outros, estão inseridos no Refis.

Para aderir ao Refis, o contribuinte deve comparecer à sede da PGE, na Avenida República do Líbano em Cuiabá, ou fazer a solicitação pelo [email protected]

Como funciona o perdão para impostos e taxas

Pagamento à vista

Remissão de 75% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 75% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 12 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 65% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 65% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 24 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 55% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 55% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 36 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 40% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 40% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 48 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 25% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 25% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 60 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 15% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 15% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória.



 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212