Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Contribuintes podem aderir ao Refis com descontos de até 75% sobre juros e multas - Jornal Brasil em Folhas
Contribuintes podem aderir ao Refis com descontos de até 75% sobre juros e multas


Contribuintes em débito com o Estado têm até o dia 30 de maio para aderir ao Programa de Recuperação de Créditos do Estado de Mato Grosso (Refis), que permite descontos de até 75% sobre juros e multas no pagamento à vista.

O parcelamento pode ser feito em até 60 vezes, dependendo do valor da dívida. Neste caso, o desconto é de 15% incidente sobre o total dos juros e da multa moratória. O Refis visa estimular o pagamento de créditos tributários inscritos ou não na dívida ativa por meio do perdão da penalidade pecuniária, sob a gestão da Procuradoria Geral do Estado (PGE) ou de outras secretarias.

Contribuintes inscritos ou não da dívida ativa podem aderir ao programa e obter descontos nas negociações em impostos e taxas gerados até 31 de dezembro de 2015. Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), entre outros, estão inseridos no Refis.

Para aderir ao Refis, o contribuinte deve comparecer à sede da PGE, na Avenida República do Líbano em Cuiabá, ou fazer a solicitação pelo [email protected]

Como funciona o perdão para impostos e taxas

Pagamento à vista

Remissão de 75% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 75% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 12 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 65% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 65% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 24 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 55% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 55% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 36 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 40% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 40% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 48 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 25% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 25% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória

Pagamento em até 60 parcelas mensais e sucessivas

Remissão de 15% incidente sobre o total dos juros, da multa moratória e da penalidade decorrente do descumprimento e/ ou inadimplemento de obrigação principal

Remissão de 15% incidente sobre o valor total da penalidade decorrente do descumprimento de obrigação acessória.



 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212