Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Com dois meses de funcionamento, IEMA Bacanga recebe visita do governador Flávio Dino e do presidente da Vale - Jornal Brasil em Folhas
Com dois meses de funcionamento, IEMA Bacanga recebe visita do governador Flávio Dino e do presidente da Vale


Completando dois meses de funcionamento, o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) da área Itaqui-Bacanga, já promove a diferença na vida de centenas de jovens que estudam na unidade. O prédio foi todo reformado pelo Governo do Estado para as instalações do IEMA, que tem capacidade para receber até 300 alunos, oferecendo ensino em tempo integral. Nesta sexta-feira, 4, o governador Flávio Dino e o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, visitou a unidade e conversou com professores e estudantes.

“Esta é uma das unidades mais novas colocadas em funcionamento e é importante estar aqui testemunhando o resultado desse trabalho, esse avanço, poder conversar com os professores e estudantes e ver o interesse, entusiasmo e determinação em continuar fazendo do IEMA um grande e vitorioso projeto. Isso, para que tenhamos uma sociedade autenticamente desenvolvida e com justiça social. Vamos prosseguir a ampliação este ano com mais unidades”, disse o governador Flávio Dino. São mais de 40 escolas em tempo integral no Maranhão, sendo 11 integrando a rede IEMA, implantadas nesta gestão.

“Essa unidade acolhe jovens que precisavam de mais oportunidades de estudo e condições para concorrer ao mercado de trabalho. Está em uma área onde há grande demanda e sensível a isso, o governador Flávio Dino não hesitou em contemplar o Itaqui-Bacanga com esta unidade plena. Agora, os jovens poderão vislumbrar melhores oportunidades com este importante núcleo de estudo e formação”, ressaltou o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão (Secti), Davi Telles.

Para o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, a implantação do IEMA na área mostra a prova do esforço, dedicação e consciência que o servidor tem, considerando a qualidade dessa instituição. “Aqui, o Governo dá uma oportunidade que muitos não tiveram e estimula que o sonho de torne realidade. Estudei em escola pública, sempre sonhando alto e querendo crescer na vida, construir algo. Que todos possam refletir que o sucesso está ao alcance desde que queiram e se esforcem para tal futuro”, pontua.

Esta é a nona Unidade Plena entregue pela gestão – alia o ensino médio regular à formação tecnológica. Paralelo à formação de mão de obra qualificada para o setor industrial, a unidade possibilita ainda diversas oportunidades de emprego e geração de renda, dada a proximidade com grandes conglomerados como a Vale e a influência do Porto do Itaqui. Para esta primeira etapa das atividades, foram oferecidas 160 vagas à comunidade.

A implantação do IEMA em uma das áreas mais populosas da capital é um exemplo do compromisso do governador Flávio Dino com o acesso ao ensino e à capacitação técnica de qualidade a todos os maranhenses, enfatizou o reitor do IEMA, Jhonatan Almada. “Estamos felizes em ver que mais essa unidade vem somar na consolidação da expansão da rede, que proporciona melhores chances de vencer a quem precisa”, reforçou.

Aluna da unidade e fazendo o curso técnico na área de portos, Ananda Ingrid, 15 anos, disse estar muito honrada por fazer parte da rede de ensino. “Aqui nos estimulam a estudar, a aprender e nos fazer sonhar além. É uma escola muito boa e todos que estão aqui têm a oportunidade de aprender e de se profissionalizar para o mercado. Todas as escolas deveriam ser assim. Se a educação fosse prioridade de todos os governantes, não haveria tantos jovens perdidos no mundo das drogas e outros problemas. O Governo está de parabéns”, ressaltou a jovem.

O novo IEMA integra a política de implantação de escolas técnicas de tempo integral, promovida pelo Governo, desde o primeiro ano da gestão. Sua construção tem parceria com a Vale, empresa que atua na região. Foram investidos mais de R$ 1,2 milhão para reforma, ampliação e investimentos em laboratórios de física, química, biologia, matemática e informática. Para os cursos de vulcanização e de Portos, a instituição firmou parceria com a Vale e com a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap).

Em sua estrutura, o prédio conta com salas de aula amplas e refrigeradas, auditório e banheiros adaptados para receber alunos com deficiência. A reforma garantiu ainda adequação no refeitório, urbanização da área e instalação de laboratórios para os cursos de eletrotécnico, eletromecânica, informática para internet e portos. Serão 13 Unidades Plenas da rede IEMA construídas pelo Maranhão, até o final de 2018.

 

Últimas Notícias

Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212