Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Diretoria do 1º Grêmio Estudantil do Centro Dorilene Silva Castro toma posse nesta sexta-feira - Jornal Brasil em Folhas
Diretoria do 1º Grêmio Estudantil do Centro Dorilene Silva Castro toma posse nesta sexta-feira


“Este é de fato um grêmio democrático e inclusivo, onde a gente juntou todas as representatividades: cadeirantes, gays, lésbicas e trans’. A gente acolheu todo mundo para incluir e espalhar igualdade de gênero, igualdade racial e esse sentimento de respeito à diversidade dentro da escola, porque a gente precisa muito de um mundo melhor”. Com as palavras do estudante Luís Felipe Ferreira (nome social de Maria de Fátima Ferreira da Conceição), tomou posse a Diretoria do 1º Grêmio Estudantil do Centro Educa Mais Dorilene Silva, uma das 36 escolas de tempo integral da rede estadual de ensino, no Maranhão.

Em um gesto que demonstra a união, o respeito e a valorização de cada pessoa que forma a comunidade escolar do Dorilene, todos os funcionários, dos professores aos zeladores, das merendeiras aos vigilantes, foram representados na solenidade de entrega dos certificados à diretoria, de professores ao zelador da escola. “A comunidade escolar é plural. É formada por vários segmentos, e todos são fundamentais para o funcionamento da escola”, disse Luís Felipe.

O grêmio composto por 15 integrantes tem como uma das suas principais propostas fortalecer o processo democrático na escola, promovendo a cultura de respeito às diversidades e da igual de direitos. Assim, o grêmio criou diretorias especificas como: de igualdade racial, de defesa da mulher, de combate a LGBTfobias e da pessoa com deficiência, entre as diretorias comuns. Outra prioridade dos gremistas é a criação de projetos que possam ajudar na promoção do protagonismo juvenil.

“O grêmio tem um papel muito legal, que é ajudar a fortalecer as ações na escola. Então, uma das nossas metas é buscar projetos que possam fortalecer o protagonismo juvenil que já existe com a escolha da escola, mas a gente pode fazer muito mais”, disse Elen Wryanne Silva Santana, tesoureira do grêmio.“Este é um ano ímpar em nossa escola, até porque desejávamos há anos criar um grêmio e fomentar o protagonismo. E agora, isso virou realidade. Eu tenho orgulho de estar vivendo esse momento. Tenho certeza de que com o Grêmio Estudantil seremos ainda mais forte”, pontuou Maria Luiza da Silva, gestora geral da escola.

A constituição dos grêmios estudantis é uma ação do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), para fortalecer a gestão democrática na escola e dos jovens enquanto agentes sociais, fomentando o protagonista juvenil. Já são mais de 200 grêmios formados e a meta é chegar a 400 Grêmios Estudantis até o fim do ano.

“Os Grêmios Estudantis são a instância máxima de representação dos estudantes Maranhenses. Representa a democracia e a transparência na escola. É por isso que o governo está incentivando a criação dos Grêmios Estudantis. Em 2015 eram cerca de 30 grêmios, hoje, já são quase 300. O objetivo é fortalecer a democracia e o protagonismo juvenil”, destacou o secretário adjunto de Programas e Projetos Especiais da Seduc, Ismael Cardoso.

“Emaranhando Sonhos”

Na última segunda-feira (30), o Governo do Maranhão, por meio da Seduc, em parcerias com as Secretarias de Estado: de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), da Mulher (SEMU), da Juventude (SEEJUV), de Comunicação e Articulação Política (SECAP), Viva/Procon, e o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), lançou o projeto “Emaranhando Sonhos: I Encontro Estadual de Grêmios Estudantis do Maranhão. O encontro estadual será precedido de 19 etapas regionais, que serão realizadas até o fim de maio. A meta é atingir aproximadamente 15 mil estudantes.

Nas regionais serão eleitos os delegados municipais que irão representar os grêmios das escolas do seu município no I Encontro Estadual, previsto para acontecer em junho. Para a etapa final são esperados 500 estudantes.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212