Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 UemaSul promove minicurso sobre Zoneamento Ecológico-Econômico - Jornal Brasil em Folhas
UemaSul promove minicurso sobre Zoneamento Ecológico-Econômico


Compreendido como um importante instrumento para planejar e ordenar o território brasileiro, harmonizando as relações econômicas, sociais e ambientais, o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) foi tema de um minicurso realizado na última quinta-feira (3), no campus Imperatriz da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão. A atividade foi promovida pelo curso de Geografia em parceria com o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc).

O minicurso foi ministrado pelo geógrafo e mestre em Sustentabilidade de Ecossistemas, Luiz Jorge Bezerra Dias. Professor da Universidade Estadual do Maranhão, Luiz Jorge é também coordenador estadual do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) do Maranhão, vinculado ao Imesc.

“Sabendo da importância deste tema para Região Tocantina, lançamos o convite e solicitamos a parceria com o Imesc, através do presidente Felipe Macedo de Holanda, que possibilitou a participação de Luiz Jorge”, afirmou a coordenadora do curso de Geografia da UemaSul, professora Maria do Rosário.

De acordo com Maria do Rosário, um dos objetivos da atividade é aperfeiçoar e contextualizar a formação dos acadêmicos, capacitando recursos humanos com informações sobre os procedimentos de diagnóstico, prognóstico e cenarização em ZEE e inserindo a universidade neste debate.

O evento visou também fomentar a metodologia do Ministério do Meio Ambiente, que prevê o subsídio das decisões de planejamento do desenvolvimento e do uso do território nacional em bases sustentáveis. “Consideramos que o evento foi um grande sucesso com a participação efetiva de professores e acadêmicos de Geografia e de outros cursos”, avaliou a coordenadora.

Políticas Públicas estaduais

O Macrozoneamento Ecológico-Econômico do Maranhão (MacroZEE-MA) foi reconhecido pelo Governo Federal ainda em 2015. A proposta de MacroZEE – que antecede o ZEE – para o estado foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Maranhão, em resposta a encaminhamento feito pelo governador Flávio Dino e tornou-se a Lei nº 10.316, em setembro do mesmo ano.

“O Maranhão tem setores produtivos com grandes potenciais, fundamentais para o desenvolvimento do nosso estado. Mas este desenvolvimento precisa ser sustentável, pois temos um rico patrimônio natural e ambiental que deve ser preservado e conservado”, explicou o vice-reitor da UemaSul, Expedito Barroso.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212