Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Milhares de pessoas protestam na França contra propostas de Macron - Jornal Brasil em Folhas
Milhares de pessoas protestam na França contra propostas de Macron


Um ano após a eleição de Emmanuel Macron à Presidência da França, milhares de franceses saíram às ruas de Paris para protestar contra as reformas propostas pelo presidente. De acordo com o movimento França Insubmissa, que convocou o protesto, são 160 mil pessoas na região próximo à histórica Praça da Bastilha. Já o jornal Le Monde contabiliza 40 mil manifestantes. O protesto traz como mote a frase irônica “Festa para Macron”.

Os manifestantes denunciam o que apontam ser o fim do estado social e dos serviços públicos. Desde que assumiu, Macron adotou políticas de austeridade e reformas. Apesar da reação contrária de muitas organizações, adotou uma reforma trabalhista, em setembro do ano passado, que modificou leis para dar maior flexibilidade às empresas na contratação de trabalhadores. Na sequência, empresas públicas – como a companhia ferroviária SNCF – demitiram trabalhadores, por isso muitos manifestantes enfatizam a defesa do serviço público.

Nas redes sociais, vídeos e fotos mostram cartazes que estampam frases como “Pare Macron”. Um manifesto assinado por dirigentes de diversos sindicatos e de centrais como a Confederação Geral do Trabalho (CGT) afirma: “Dizemos para parar com todas essas formas de desprezo que apenas alimentam o ódio e o individualismo em nossa sociedade. Viver juntos e compartilhar a riqueza, seja econômica ou cultural, é um projeto que o mundo do trabalho tem o dever de carregar.”

Mulheres também divulgaram manifesto aderindo à “Festa para Macron”. Elas denunciam a precarização do trabalho feminino e cortes no orçamento de políticas públicas voltadas à promoção dos direitos das mulheres. O manifesto cobra a concretização de políticas públicas para a igualdade.

Além de Paris, houve atos em outras cidades francesas, como Toulouse, Bordéus, Lyon, Estrasburgo e Rennes. O presidente Emmanuel Macron ainda não se pronunciou sobre os atos de hoje. Em outras ocasiões, tem manifestado que a implementação de reformas concretiza o programa apresentado na campanha eleitoral.

Edição: Talita Cavalcante

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212