Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Arquivo Nacional exibe documentos originais sobre escravidão no Brasil - Jornal Brasil em Folhas
Arquivo Nacional exibe documentos originais sobre escravidão no Brasil


O Arquivo Nacional inaugura nesta terça-feira (8) uma exposição em comemoração aos 130 anos da abolição da escravidão. A mostra reúne 40 reproduções de documentos da época, além de originais de outros 20 documentos, na sua maioria dos séculos 18 e 19, desde recibos de venda de escravos, relatórios de chegada de navios negreiros com lista de passageiros informando a região africana de procedência e nações da qual faziam parte. Há ainda as primeiras leis pré-abolicionistas, documentos que mostram a resistência dos negros e o seu cotidiano, até a Lei Áurea, promulgada pela princesa Isabel no dia 13 de maio de 1888.

Por questão de segurança, os originais da Lei Áurea e da Lei do Ventre Livre, de 1871, serão substituídos por cópias após a inauguração. Serão exibidas também imagens da época. O supervisor do Setor de Pesquisas do Arquivo Nacional, Thiago Mourelle, destacou que os documentos expõem a vida dos escravos no Brasil desde a vinda para o país até a libertação legal.

“A gente pensou em aproveitar esse ano redondo [aniversário de 130 anos] para fazer essa exposição para chamar a atenção do público para essa barbárie que foi a escravidão no Brasil”, disse Mourelle. Um dos documentos que chama atenção é uma lista de compras que inclui escravos entre alfaces e tomates. “A pessoa era vista como um objeto”, destacou Mourelle.

Em paralelo à exposição, será realizado um seminário sobre pós-abolição. Mourelle explicou que, para o movimento negro, a data mais importante não é o 13 de maio, mas o 20 de novembro, quando se comemora o Dia da Consciência Negra. A data marca a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, líder do maior quilombo do país, em Alagoas.“A gente vai mostrar a Lei Áurea, mas mostrando essa discussão atual das condições de vida do negro desde a abolição até os dias atuais”, apontou.

A mostra ficará aberta à visitação até o próximo sábado (12). Mas, de acordo com Mourelle, existe a possibilidade de estender a exposição para mais um período a depender do intersse do público.

Acervo

Exposição 130 anos da Abolição da Escravatura apresenta os documentos originais da Lei Áurea e da Lei do Ventre Livre dentre outros do período da escravidão.

Exposição 130 anos da Abolição da Escravatura apresenta os documentos originais da Lei Áurea e da Lei do Ventre Livre - Tomaz Silva/Agência Brasil

A ideia é também dar aos visitantes a oportunidade de conhecer o acervo do Arquivo Nacional, que reúne 65 quilômetros de documentos: desde discursos, imagens, filmes, documentos textuais, mapas, entre outros.

Estão previstos ainda shows de grupos afro-brasileiros e uma mostra de cinema em homenagem a Nelson Pereira dos Santos, cujos originais dos filmes estão guardados no Arquivo Nacional.

O evento faz parte das comemorações dos 180 anos do Arquivo Nacional, situado na Praça da República, região central do Rio de Janeiro.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas
Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará
Migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo já são 114
Aniversário de São Paulo terá programação com diversidade de ritmos
Mais de 600 pessoas levavam gasolina na hora da explosão de oleoduto
Pré-carnaval movimenta foliões nas ruas do Rio
Brasil expressa condolências às famílias das vítimas no México
Marcha das Mulheres reúne milhares pelo mundo

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212