Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Arquivo Nacional exibe documentos originais sobre escravidão no Brasil - Jornal Brasil em Folhas
Arquivo Nacional exibe documentos originais sobre escravidão no Brasil


O Arquivo Nacional inaugura nesta terça-feira (8) uma exposição em comemoração aos 130 anos da abolição da escravidão. A mostra reúne 40 reproduções de documentos da época, além de originais de outros 20 documentos, na sua maioria dos séculos 18 e 19, desde recibos de venda de escravos, relatórios de chegada de navios negreiros com lista de passageiros informando a região africana de procedência e nações da qual faziam parte. Há ainda as primeiras leis pré-abolicionistas, documentos que mostram a resistência dos negros e o seu cotidiano, até a Lei Áurea, promulgada pela princesa Isabel no dia 13 de maio de 1888.

Por questão de segurança, os originais da Lei Áurea e da Lei do Ventre Livre, de 1871, serão substituídos por cópias após a inauguração. Serão exibidas também imagens da época. O supervisor do Setor de Pesquisas do Arquivo Nacional, Thiago Mourelle, destacou que os documentos expõem a vida dos escravos no Brasil desde a vinda para o país até a libertação legal.

“A gente pensou em aproveitar esse ano redondo [aniversário de 130 anos] para fazer essa exposição para chamar a atenção do público para essa barbárie que foi a escravidão no Brasil”, disse Mourelle. Um dos documentos que chama atenção é uma lista de compras que inclui escravos entre alfaces e tomates. “A pessoa era vista como um objeto”, destacou Mourelle.

Em paralelo à exposição, será realizado um seminário sobre pós-abolição. Mourelle explicou que, para o movimento negro, a data mais importante não é o 13 de maio, mas o 20 de novembro, quando se comemora o Dia da Consciência Negra. A data marca a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, líder do maior quilombo do país, em Alagoas.“A gente vai mostrar a Lei Áurea, mas mostrando essa discussão atual das condições de vida do negro desde a abolição até os dias atuais”, apontou.

A mostra ficará aberta à visitação até o próximo sábado (12). Mas, de acordo com Mourelle, existe a possibilidade de estender a exposição para mais um período a depender do intersse do público.

Acervo

Exposição 130 anos da Abolição da Escravatura apresenta os documentos originais da Lei Áurea e da Lei do Ventre Livre dentre outros do período da escravidão.

Exposição 130 anos da Abolição da Escravatura apresenta os documentos originais da Lei Áurea e da Lei do Ventre Livre - Tomaz Silva/Agência Brasil

A ideia é também dar aos visitantes a oportunidade de conhecer o acervo do Arquivo Nacional, que reúne 65 quilômetros de documentos: desde discursos, imagens, filmes, documentos textuais, mapas, entre outros.

Estão previstos ainda shows de grupos afro-brasileiros e uma mostra de cinema em homenagem a Nelson Pereira dos Santos, cujos originais dos filmes estão guardados no Arquivo Nacional.

O evento faz parte das comemorações dos 180 anos do Arquivo Nacional, situado na Praça da República, região central do Rio de Janeiro.

Edição: Amanda Cieglinski

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212