Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Morre policial baleado hoje em ação na Rocinha - Jornal Brasil em Folhas
Morre policial baleado hoje em ação na Rocinha


A Polícia Militar informou agora à noite que o 2º sargento Anderson Luiz Rosa da Conceição, do Batalhão de Polícia de Choque, morreu após intensa troca de tiros com criminosos na favela da Rocinha, na Gávea, zona sul do Rio.

O militar, baleado na cabeça, fazia parte da equipe que participa da operação continuada na comunidade, que ocorre desde setembro do ano passado, após uma guerra pelo controle do tráfico na comunidade entre as facções de Antonio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha e Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157.

Na ação de hoje, também ficou ferido o soldado Janddre Dias Silva durante patrulhamento de rotina na comunidade, quando ocorreu o confronto com criminosos fortemente armados.

Os dois militares foram levados para o Hospital Central da Polícia Militar, no bairro do Estácio, região central da cidade. O sargento Anderson não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro policial militar, ferido sem gravidade, foi atendido e em seguida liberado pelos médicos. O sargento Anderson tinha 40 anos estava há 16 na corporação . Ele deixa esposa e quatro filhos.

Devido ao tiroteio, a Autoestrada Lagoa-Barra está fechada nos dois sentidos há quase duas horas, por medida de segurança. Uma das opções é seguir pela Avenida Niemeyer. A outra é utilizar a Linha Amarela, via expressa, que liga o bairro da Ilha do Governador, na zona norte, à Barra da Tijuca, na zona oeste.

Recompensa no Disque-Denúncia

O Portal dos Procurados do Disque-Denúncia está oferecendo recompensa de R$ 5 mil por informações que ajudem na identificação e prisão dos envolvidos na morte do sargento Anderson.

A comunidade da Rocinha é controlada pela facção Comando Vermelho (CV) e tem como chefe do tráfico, José Carlos de Souza Silva, o Gênio, que assumiu o tráfico depois da prisão de Rogério 157.

Com a morte do sargento Anderson, já chega a 49 o número de agentes de segurança, assassinados no Rio em 2018, sendo 46 da Policia Militar, dois da Policia Civil e um agente penitenciário da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Quem tiver qualquer informação sosbre o caso pode contactar o Disque-Denúncia pelo Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; por mensagem na página do Portal no Facebook; ou pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177. O sigilo é garantido.

Edição: Denise Griesinger

 

Últimas Notícias

Saúde libera recursos para atender moradores da região de Brumadinho
Justiça determina prisão preventiva de acusado de espancar paisagista
Irmão de mulher espancada diz que ainda está chocado com a violência
Flamengo pede mais prazo para decidir sobre indenização de vítimas
Profissionais que atuaram em Brumadinho serão monitorados
Auditores descobrem 158 Kg de cocaína na fronteira com a Bolívia
Governo determina medidas de precaução para barragens em todo o país
Bolsonaro irá ao Congresso entregar texto da reforma da Previdência

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212