Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Americanos liberados pela Coreia do Norte são recebidos por Trump - Jornal Brasil em Folhas
Americanos liberados pela Coreia do Norte são recebidos por Trump


Três cidadãos norte-americanos que foram liberados pela Coreia do Norte, chegaram na madrugada de hoje (10) aos Estados Unidos. Eles estavam acompanhados pelo secretário de estado, Mike Pompeo. Os ex-prisioneiros do governo norte-coreano foram recepcionados na chegada, pelo presidente Donald Trump, a primeira dama, Melania Trump, e o vice-presidente, no aeroporto, na porta do avião.

A aeronave aterrissou na base de Andrews, um aeroporto militar, em Maryland, Virginia. Kim Hak-song, Kim Sang-duk e Kim Dong-chul foram libertados na quarta-feira (9). A soltura aconteceu, após uma reunião entre Pompeo e o líder norte-coreano Kim Jong-Un.

De acordo com informações da agência de notícias estatal, norte-coreana KCNA, Kim acatou um pedido de liberação dos Estados Unidos. Em março, Trump já havia falado que a liberação de prisioneiros norte-americanos em poder de Pyongyang seriam um elemento importante para um eventual acordo durantre encontro bilateral entre os dois países.

Os ex-prisioneiros divulgaram um comunicado em que agradeceram ao governo norte-americano.

Gostaríamos de expressar nosso profundo apreço ao governo dos Estados Unidos, ao presidente Trump, ao secretário Pompeo, e ao povo dos Estados Unidos por nos trazerem para casa. Agradecemos a Deus, e a todos os nossos familiares e amigos que rezaram por nós.

Os três cidadãos norte-americanos eram acusados por Pyongyang de ações antiestatais. Um deles havia sido preso em 2015, outros dois, em 2017 e um em 2015. Ambos foram mantidos em campos de trabalho até abril.

Em 2016, o estudante norte-americano, Otto Warmbier, de 22 anos, foi liberado pela Coreia do Norte, em estado de coma, o que causou bastante comoção interna nos Estados Unidos. Segundo a imprensa norte-americana, a família do rapaz decidiu processar a Coreia do Norte, sob acusações de tortura e assassinato.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

Furto de combustível causou explosão que matou ao menos 66 pessoas
Sobe para 399 número de presos por ataques no Ceará
Migrantes desaparecidos em naufrágio no Mediterrâneo já são 114
Aniversário de São Paulo terá programação com diversidade de ritmos
Mais de 600 pessoas levavam gasolina na hora da explosão de oleoduto
Pré-carnaval movimenta foliões nas ruas do Rio
Brasil expressa condolências às famílias das vítimas no México
Marcha das Mulheres reúne milhares pelo mundo

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212