Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Balança comercial tem superávit de US$ 3,1 bi no início de maio - Jornal Brasil em Folhas
Balança comercial tem superávit de US$ 3,1 bi no início de maio


A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 3,1 bilhões nas duas primeiras semanas de maio. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o saldo é resultado da diferença entre exportações totais no valor de US$ 8,8 bilhões e importações de US$ 5,7 bilhões.

No acumulado do ano até agora, as exportações somam US$ 83,4 bilhões e as importações, US$ 59,9 bilhões, com saldo positivo de US$ 23,4 bilhões. Nesse mesmo período de 2017, o saldo era de US$ 24,3 bilhões.

Nas previsões mais recentes, analistas de mercado ouvidos pelo Banco Central estimam que a balança comercial em 2018 deve fechar com saldo positivo entre US$ 50 bilhões e US$ 52 bilhões, menor do que o saldo de US$ 67 bilhões do ano passado, que havia sido o melhor resultado em quase 30 anos.

Exportações

As exportações na primeira quinzena de maio cresceram 23,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Elas foram puxadas principalmente pela comercialização de produtos básicos, como petróleo bruto, carne de frango, minério de cobre, soja em grãos e farelo de soja, que totalizaram US$ 611,1 milhões.

Também contribuiu para o crescimento a venda de produtos semimanufaturados, como óleo de soja, celulose, ferro-ligas, madeira serrada ou fendida, com mais de R$ 136,6 milhões em vendas, e de produtos manufaturados, incluindo motores e turbinas de aviação, chapas, tiras, películas de lâminas de plástico, suco de laranja congelado, polímeros plásticos e veículos de carga, gerando receitas de US$ 337 milhões.

Em relação ao mês passado, houve avanço de 17,4% na venda de produtos brasileiros para o exterior, em termos de média diária apurada pelo governo.
Importações

Nas importações, a média diária até a segunda semana de maio deste ano foi de US$ 720,6 milhões, um valor 30,7% acima da média de maio de 2017. Houve aumento de compra externa de produtos farmacêuticos (+50,6%), equipamentos mecânicos (+45,8%), equipamentos eletroeletrônicos (+33%), combustíveis e lubrificantes (+31,1%), e químicos orgânicos e inorgânicos (+30%). Na comparação com abril, houve crescimento de 9,7% nas importações.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212