Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Balança comercial tem superávit de US$ 3,1 bi no início de maio - Jornal Brasil em Folhas
Balança comercial tem superávit de US$ 3,1 bi no início de maio


A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 3,1 bilhões nas duas primeiras semanas de maio. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o saldo é resultado da diferença entre exportações totais no valor de US$ 8,8 bilhões e importações de US$ 5,7 bilhões.

No acumulado do ano até agora, as exportações somam US$ 83,4 bilhões e as importações, US$ 59,9 bilhões, com saldo positivo de US$ 23,4 bilhões. Nesse mesmo período de 2017, o saldo era de US$ 24,3 bilhões.

Nas previsões mais recentes, analistas de mercado ouvidos pelo Banco Central estimam que a balança comercial em 2018 deve fechar com saldo positivo entre US$ 50 bilhões e US$ 52 bilhões, menor do que o saldo de US$ 67 bilhões do ano passado, que havia sido o melhor resultado em quase 30 anos.

Exportações

As exportações na primeira quinzena de maio cresceram 23,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Elas foram puxadas principalmente pela comercialização de produtos básicos, como petróleo bruto, carne de frango, minério de cobre, soja em grãos e farelo de soja, que totalizaram US$ 611,1 milhões.

Também contribuiu para o crescimento a venda de produtos semimanufaturados, como óleo de soja, celulose, ferro-ligas, madeira serrada ou fendida, com mais de R$ 136,6 milhões em vendas, e de produtos manufaturados, incluindo motores e turbinas de aviação, chapas, tiras, películas de lâminas de plástico, suco de laranja congelado, polímeros plásticos e veículos de carga, gerando receitas de US$ 337 milhões.

Em relação ao mês passado, houve avanço de 17,4% na venda de produtos brasileiros para o exterior, em termos de média diária apurada pelo governo.
Importações

Nas importações, a média diária até a segunda semana de maio deste ano foi de US$ 720,6 milhões, um valor 30,7% acima da média de maio de 2017. Houve aumento de compra externa de produtos farmacêuticos (+50,6%), equipamentos mecânicos (+45,8%), equipamentos eletroeletrônicos (+33%), combustíveis e lubrificantes (+31,1%), e químicos orgânicos e inorgânicos (+30%). Na comparação com abril, houve crescimento de 9,7% nas importações.

Edição: Sabrina Craide

 

Últimas Notícias

John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Ex-comandante da Marinha é indicado para o conselho da Petrobras
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212