Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jul de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Petrobras adere a novo nível de governança corporativa da bolsa - Jornal Brasil em Folhas
Petrobras adere a novo nível de governança corporativa da bolsa


A Petrobras informou hoje (14) que migrou para o segmento Nível 2 de governança corporativa da bolsa de valores B3, um patamar intermediário entre o Nível 1 e o Nível Novo Mercado. A escala de governança classifica as empresas de acordo com os direitos assegurados aos acionistas na gestão da empresa e a divulgação de informações ao mercado.

De acordo com a Petrobras, a partir de hoje suas ações passarão a ser negociadas no segmento especial, que exige atendimento a regras de governança diferenciadas e o aprimoramento da qualidade das informações prestadas pela empresa.

“É um caminho sem volta na direção de dar mais transparência, dar um tratamento mais equânime a todos os acionistas da companhia. É uma conquista muito boa para a companhia”, disse o gerente-executivo de governança da estatal, Pedro Sutter.

Para subir ao Nível 2, a empresa teve que ampliar as atribuições do Comitê dos Minoritários, que passará a fazer o assessoramento prévio aos acionistas em situações críticas, como a aprovação de fusões com outras empresas e contratos entre o governo e a empresa.

A Petrobras também passou a contar com regras novas para a oferta pública de ações e a prever procedimento arbitral para questões provenientes do regulamento do Nível 2, entre outras coisas.

“Há muitos investidores que são focados em aspectos de governança e sustentabilidade. Temos dado uma atenção especial a esses investidores. Acho que [a migração para o Nível 2] pode atrair não só uma maior confiança não só por parte desses como dos investidores de uma maneira geral”, afirmou a gerente-executiva de Relações com Investidores da estatal, Isabela Rocha. “Isso faz parte de um processo de resgate da confiança e reputação que a empresa tem passado.”

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

ANP descarta periodicidade mínima para reajuste de combustíveis
Confiança da indústria tem queda de 0,5 ponto na prévia de julho
Guardia e Goldfajn participam de reunião do G20 em Buenos Aires
Energia elétrica impulsiona inflação oficial na prévia de julho
Regras de IOF sobre empréstimos são atualizadas pela Receita
Embraer fecha segundo trimestre com US$ 17,4 bilhões em encomendas
ANP publica edital para oferta permanente de blocos exploratórios
Equipe econômica reduz para 1,6% previsão de crescimento do PIB

MAIS NOTICIAS

 

Relatório final da LDO pode ser entregue hoje na Comissão de Orçamento
 
 
Parecer da LDO veta renúncia fiscal, reduz custeio e congela salários
 
 
EBC suspende perfis nas redes sociais durante período eleitoral
 
 
Câmara pode votar nesta quarta projeto da Escola sem Partido
 
 
Brasil e Vietnã assinam acordos em aviação e agricultura
 
 
Toffoli cassa decisão de Moro e livra Dirceu de tornozeleira

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212