Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Exportações do agronegócio apresentam aumento de 2,7% em abril - Jornal Brasil em Folhas
Exportações do agronegócio apresentam aumento de 2,7% em abril


As exportações brasileiras de produtos do agronegócio atingiram US$ 8,89 bilhões em abril de 2018, cifra 2,7% superior ao valor registrado em igual mês do ano anterior. O percentual representa um aumento de US$ 231,63 milhões no volume de comércio. Os números foram divulgados hoje (15) pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De acordo com o ministério, a balança comercial de produtos agropecuários, diferença entre a exportação e a importação, gerou saldo positivo de US$ 7,59 bilhões em abril de 2018 contra US$ 7,57 bilhões contabilizados em abril de 2017.

O destaque da pauta das exportações no mês de abril foi o complexo florestal, puxado pelas vendas de celulose, que teve recorde no que diz respeito a quantidade, com um total de 1,17 milhão de toneladas, acréscimo de 10,4%, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A celulose também apresentou desempenho recorde no valor, com alta de 40,3% e US$ 643,80 milhões vendidos.

No complexo soja, o farelo de soja teve incremento de 30,7%, atingindo US$ 614,21 milhões em abril de 2018. Na quantidade, a alta foi de 16,9%, chegando a 1,55 milhão de toneladas.

De acordo com a análise do ministério, a seca na Argentina prejudicou a produção do grão possibilitando que o Brasil ampliasse suas exportações do produto, incorporando parte das vendas do país vizinho.

“Outros produtos que tiveram forte crescimento nas vendas externas foram bovinos vivos (224,3%) - com embarques principalmente para a Turquia, fumo (77,4%) e o suco de laranja (44,9%)”, informou o ministério.

A China continua figurando como o destino principal das exportações do agronegócio brasileiro. O país asiático comprou, em abril, US$ 3,65 bilhões em produtos.

“Em relação ao dinamismo dos mercados compradores dos produtos nacionais, os principais destaques do mês foram Portugal (US$ 107,08 milhões e +675,3%); Paquistão (US$ 126,08 milhões e +97,8%); Vietnã (US$ 142,18 milhões e +78,9%); Turquia (US$ 148,29 milhões e +69,1%); Alemanha (US$ 238,73 milhões e +48,2%); Itália (US$ 185,35 milhões e +47,5%); e Argentina (US$ 153,02 milhões e +44,9%)”, disse o ministério, em nota.

Quadrimestre

Segundo o ministério, no período de janeiro a abril de 2018, o comportamento das exportações brasileiras reflete o perfil do mês de abril. O desempenho favorável também ficou por conta da celulose, com um incremento de quase US$ 1 bilhão no período, um aumento de 8,9%; fumo, com 87,5%; farelo de soja, com 18,9%, animais vivos com 231% e suco de laranja, com 41,9%.

A China segue em primeiro lugar no ranking do principal destino do agronegócio nacional no período, com US$ 9,48 bilhões, aumento de 0,6%.

Neste primeiro quadrimestre, quatro países registraram crescimento das aquisições brasileiras acima de 20%: Turquia (US$ 445,26 milhões; +95,4%); Itália (US$ 760,69 milhões; +30,2%); Hong Kong (US$ 879,83 milhões; +29,5%); e Argentina (US$ 513,41 milhões; 24,1%).

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Bolsonaro elogia Mandetta e Wagner Rosário, ministros anunciados hoje
Atos em Brasília marcam os 50 anos da Receita Federal
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
Dia da Consciência Negra é comemorado no Rio com homenagem a Zumbi
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212