Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Paralisação dos caminhoneiros gera transtornos no Rio - Jornal Brasil em Folhas
Paralisação dos caminhoneiros gera transtornos no Rio


Caminhoneiros autônomos fazem manifestações hoje (21) em vários trechos das estradas federais do Rio de Janeiro e provocam alterações no trânsito em diferentes rodovias. A tensão aumenta porque a segunda-feira é o dia de retorno dos motoristas que viajaram no fim-de- semana para a Região Serrana e dos Lagos, além da Costa Verde, aumentando o fluxo do tráfego.

Há alguns trechos de maior impacto com bloqueio total, como na BR-393 (Rio-Bahia) que está interditada em ambos os trechos na altura do quilômetro (km) 104, próximo a Sapucaia (RJ). Porém, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa que os caminhões estão parados nos acostamentos, reduzindo o impacto da manifestação sobre o trânsito nas estradas.

Situação semelhante ocorre na Rodovia Presidente Dutra – principal via de ligação entre os estados do Rio e São Paulo. Há manifestantes nos km 275 a Km 278. O protesto, segundo a PRF, causa estrangulamento e congestionamento. Na altura de Seropédica, na Baixada Fluminense, também há protesto, mas os caminhoneiros ocupam o acostamento.

De acordo com a PRF, há registros de protestos ainda em da BR-101 (Rio-Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense) e com retenções no municípios de Itaborai, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Reivindicações

Os caminhoneiros aprovaram a paralisação, em assembleia, reunindo 120 sindicatos e a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) em protesto ao reajuste no preço do óleo diesel e à cobrança de pedágio, quando eles trafegam vazios e com os eixos dos caminhões suspensos.

A CNTA informa que responde por 1 milhão de caminhoneiros em todo o país. As queixas sobre a cobrança de pedágio se refere principalmente às rodovias estaduais no Paraná, em São Paulo e no Mato Grosso.

Os caminhoneiros pedem ainda a criação de um subsídio ou a redução da carga tributária, Programa de Integração Social e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social que custam13% sobre o valor do diesel e ICMS, mais 16%, e somados representam mais de 50% do custo do frete praticado.

A paralisação deflagrada hoje não tem prazo para acabar.

Edição: Valéria Aguiar

 

Últimas Notícias

BNDES empresta R$ 30 milhões para empresa de água de Manaus
Comércio do Rio poderá contratar 10,3 mil temporários para o natal
Aneel aprova reajuste de tarifa a consumidores de GO e interior de SP
Petrobras e chinesa CNPC avançam em acordo para retomar Comperj
Aprovado pela Aneel, aumento nas contas de luz da CEB está suspenso
BNDES dá início a processo de privatização de companhia elétrica do AP
Dólar fecha em queda e Bovespa sobe 2,83%
Senado rejeita projeto sobre venda de distribuidoras da Eletrobras

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212