Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Caminhoneiros mantêm protestos em rodovias do Rio de Janeiro - Jornal Brasil em Folhas
Caminhoneiros mantêm protestos em rodovias do Rio de Janeiro


Caminhoneiros mantiveram na manhã de hoje (25) manifestações em pontos de rodovias do Rio de Janeiro, apesar do acordo entre lideranças do movimento e o governo federal ontem (24). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou, às 11h55, 15 pontos de protestos em oito trechos de estradas federais.

Na Rodovia Washington Luís (BR-040), havia dois pontos de protesto. No km 113, na altura de Duque de Caxias, os caminhoneiros ocuparam o acostamento nos dois sentidos e bloquearam a faixa da direita da pista sentido Juiz de Fora. No km 61, os caminhoneiros estavam reunidos em um posto de combustível.

No km 40 da Rio-Teresópolis (BR-116), os caminhoneiros estavam interditando parcialmente a pista. Nos 54 e 76, os motoristas protestavam no acostamento.

Na Via Dutra (BR-116), havia protestos em três pontos, apenas no acostamento: em Seropédica (kms 204 a 206) e em Barra Mansa (kms 268 a 269 e kms 276 a 278).

Há protestos em acostamentos de três trechos da BR-101. Na BR-101 Norte, os motoristas fazem protesto em Campos, entre os kms 70 e 75. Na Niterói-Manilha, a manifestação é entre os kms 293 e 297. Já na Rio-Santos, acontece em Itaguaí, no km 391.

Na BR-393, são três pontos em que os motoristas ocupam postos de gasolina e faixas de domínio: em Paraíba do Sul, no km 182; em Volta Redonda, no km 281; e em Barra do Piraí, no km 247. Na BR-465, caminhoneiros protestam no km 22, no Rio de Janeiro.

O acordo com o governo federal definiu o congelamento do preço do diesel por 30 dias e o fim da cobrança da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) para o diesel até o fim do ano.

No estado do Rio de Janeiro, representantes dos caminhoneiros e empresas de cargas se reuniram com o governo do estado na noite de ontem. O governador Luiz Fernando Pezão resolveu reduzir o imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (ICMS) sobre o diesel de 16% para 12%.

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

BNDES empresta R$ 30 milhões para empresa de água de Manaus
Comércio do Rio poderá contratar 10,3 mil temporários para o natal
Aneel aprova reajuste de tarifa a consumidores de GO e interior de SP
Petrobras e chinesa CNPC avançam em acordo para retomar Comperj
Aprovado pela Aneel, aumento nas contas de luz da CEB está suspenso
BNDES dá início a processo de privatização de companhia elétrica do AP
Dólar fecha em queda e Bovespa sobe 2,83%
Senado rejeita projeto sobre venda de distribuidoras da Eletrobras

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212