Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Procon-SP cria canal para denúncias de preços abusivos de combustíveis - Jornal Brasil em Folhas
Procon-SP cria canal para denúncias de preços abusivos de combustíveis


O consumidor que se deparar com preços abusivos de combustíveis pode encaminhar denúncia para o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo, que criou uma chamada exclusiva para atender à demanda. A denúncia pode ser encaminhada para o site do programa.

Com a greve dos caminhoneiros, que gerou desabastecimento, alguns donos de postos se aproveitaram para elevar preços. De acordo com o Procon, se confirmado o abuso, o posto poderá se multado em valores que variam conforme a gravidade da infração e com o porte da empresa. Nenhum posto foi multado, por enquanto, na cidade de São Paulo.

A assessoria de imprensa da entidade informou que está verificando as denúncias recebidas e, posteriormente, os postos serão notificados e passarão por processos administrativos. Além das denúncias, agentes do Procon e da Agência Nacional do Petróleo (ANP) estão nas ruas de São Paulo fiscalizando os postos.
Prática abusiva

O Código de Proteção e Defesa do Consumidor classifica como prática abusiva a elevação de preços de produtos e serviços sem justa causa. Para denunciar, o consumidor precisa guardar o cupom fiscal, tirar fotos ou anotar o máximo de informações relacionadas ao estabelecimento, como o nome do posto, a bandeira, o endereço, a data de compra e preços praticados antes e depois do possível abuso.

Edição: Maria Claudia

 

Últimas Notícias

Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
Polícia Ambiental busca jiboia desaparecida em prédio de Brasília
Justiça de Goiás bloqueia bens de Marconi Perillo e de ex-secretário
Partidos lançam frente de apoio à candidatura de Haddad
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
Polícia descobre autora de tratamento estético que matou mulher no Rio
Corregedor instaura processo para apurar exoneração de juíza no Pará
Mercosul repudia atos na Nicarágua e adverte sobre risco à democracia

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212