Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Decreto de Temer autoriza militares a usar força contra caminhoneiros - Jornal Brasil em Folhas
Decreto de Temer autoriza militares a usar força contra caminhoneiros


O presidente Michel Temer vai decretar estado de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em todo o território nacional. Essa mudança, prevista na Constituição Federal, concede poder de polícia aos militares das Forças Armadas brasileiras. Durante a validade da medida, será permitido que integrantes do Exército, Marinha e Aeronáutica realizem prisões e façam uso da força, quando necessário. O decreto está sendo escrito e será publicado em uma edição extra do Diário Oficial nas próximas horas.

O modelo é o mesmo que foi usado no decreto que autorizou o uso das Forças Armadas para proteger a Esplanada dos Ministérios durante os protestos contra o governo, em 24 de maio do ano passado, quando diversos ministérios foram depredados. O recurso também foi adotado durante as manifestações da Copa do Mundo de 2014. A GLO está prevista no artigo 142 da Constituição, e só pode entrar em vigor por ordem expressa do presidente da República.

Informações obtidas pelo Correio revelam que os comandantes da três forças (Exército, Marinha e Aeronáutica) se reuniram na tarde desta sexta-feira (26/5) no Ministério da Defesa, em Brasília, para discutir como será a atuação das tropas. Uma das medidas que deve ser adotada é a autorização, por meio do decreto, para que militares dirijam os caminhões de quem se recusar a retirar os veículos das rodovias.

Em nota, o Ministério da Defesa informou que a ação nos estados será "rápida, enérgica e integrada". As tropas federais serão usadas também para distribuir combustível em pontos críticos.

 

Últimas Notícias

Temer sanciona MP 846 e o Brasil tem as apostas esportivas legalizadas
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212