Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Sinal analógico de TV será desligado nesta quarta em sete capitais - Jornal Brasil em Folhas
Sinal analógico de TV será desligado nesta quarta em sete capitais


O sinal analógico de TV será desligado as 23h59 desta quarta-feira (30) em sete capitais das regiões Norte e Nordeste. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, assinou hoje (29) o ato autorizando o desligamento.

Com isso, o sinal de TV passará a ser totalmente digital nas regiões metropolitanas das capitais de Sergipe, do Pará, da Paraíba, de Alagoas, do Amazonas, do Rio Grande do Norte e do Piauí. Com o desligamento do sinal analógico amanhã, serão beneficiados 3,4 milhões de domicílios nos sete estados.

Ao assinar o ato, Kassab destacou que, com o desligamento nas capitais, o sinal digital estará presente para mais de 100 milhões de brasileiros. “Com isso, serão cerca de 100 milhões de brasileiros que assistirão, na TV, aos jogos da Copa do Mundo no sistema digital, a metade da população brasileira.”

No total, 89 cidades terão as transmissões analógicas desligadas nesta quarta-feira. São 15 municípios da Região Norte e 73 da Região Nordeste.

De acordo com o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, todas as regiões metropolitanas das capitais brasileiras deverão ter o sinal analógico desligado até o fim do ano. “Toda a Região Sul já desligou; o Sudeste, também. No Centro-Oeste, o sinal analógico já foi desligado em Brasília e em Goiânia. Com o desligamento de amanhã, faltam somente as demais capitais da Região Norte e duas capitais do Centro-Oeste”, disse ele.

Para garantir que a população de baixa renda também tenha acesso aos benefícios do sistema digital, o governo federal distribui kits com conversores e antenas para aparelhos de TV. Até o momento, foram entregues cerca de 10 milhões de kits.

O próximo desligamento do sinal analalógico, previsto para agosto, abrangerá as demais capitais do país. “Só desligamos o sinal analógico quando temos certeza de que pelo menos 90% do domicílios estão com o sinal digital”, disse Quadros.

Pesquisa realizada pelo grupo responsável pelo desligamento do sinal analógico mostrou que todos os municípios ultrapassaram o percentual mínimo exigido pela regulamentação para essa operação, com mais de 90% dos lares aptos a receber a programação digital.

A pesquisa mostrou que, em Aracaju, 93% dos domicílios já contam com o sinal digital; em Belém, 91%; em João Pessoa, 95%; em Maceió, 92%; em Manaus, 91%; em Natal, 92%; e, em Teresina, 92%. João Pessoa foi a capital que atingiu o maior percentual de domicílios com TV digital, até o momento, 95%, o mesmo percentual de São Luís, que teve o sinal analógico desligado em março], informou a Anatel.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212