Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 No Rio, PRF começa a identificar caminhões parados fora das estradas - Jornal Brasil em Folhas
No Rio, PRF começa a identificar caminhões parados fora das estradas


Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) começaram a identificar os caminhões parados fora das estradas e dos acostamentos na Rodovia Presidente Dutra, em Seropédica (RJ). A medida é baseada em determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes que atendeu pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para desbloqueio das rodovias.

Desde as 15h30 os agentes da PRF entraram em um posto de combustível na Rodovia Presidente Dutra e passaram a fotografar as placas das centenas de caminhões estacionados. Do outro lado da rodovia, em um terreno particular usado pelos caminhoneiros para estacionar, a PRF também identificou as placas dos veículos. Essas informações serão repassadas à Justiça para aplicação da multa autorizada pelo Supremo.
Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) começaram a identificar os caminhões parados fora das estradas e dos acostamentos na Rodovia Presidente Dutra, em Seropédica (RJ).

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) começaram a identificar os caminhões parados fora das estradas e dos acostamentos na Rodovia Presidente Dutra, em Seropédica (RJ) - Tomaz Silva/Agência Brasil

As empresas que descumprirem a ordem de desocupação serão multadas em R$ 100 mil por hora. Segundo a PRF, também serão aplicadas multas, no valor de R$ 10 mil por dia, aos motoristas autônomos que não obedecerem à ordem de liberação.

Militares da Brigada Paraquedista estão no local para garantir a segurança da operação.

Os caminhoneiros protestaram muito no início da ação alegando que não têm obrigação de trabalhar.

“Ninguém pode nos obrigar a trabalhar. Não é justo nos multarem dentro do posto, pois o dono deixou que nós ficássemos”, disse Marcos da Silva dos Santos, caminhoneiro que trabalha com carregamento de areia, terra e pedra no Rio de Janeiro.

O caminhoneiro Cristiano Lemes, do Paraná, estava indignado com a ação dos policiais. “Isso é uma ação covarde e desesperada”.

A ação está sendo monitorada por dois helicópteros da PRF.

Edição: Lílian Beraldo

 

Últimas Notícias

Inep divulga resultado do Enem
Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões
Parlamento venezuelano aprova acordo para entrada de ajuda humanitária
Imigrantes hondurenhos sofrem com obstáculos para passagem de caravana
Militares vão atuar de forma mais intensa no Programa Mais Médicos

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212