Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Novo primeiro-ministro da Itália veio do FMI - Jornal Brasil em Folhas
Novo primeiro-ministro da Itália veio do FMI


O novo primeiro-ministro interino da Itália veio do FMI (Fundo Monetário Internacional), Carlo Cottarelli. Mas o anúncio de sua nomeação, no domingo (27), não segurou os mercados financeiros no mundo. Eles desabaram.

Os italianos votaram em 3 de março e elegeram dois partidos antieuropeus e populistas, a Liga e o 5Estrelas, que começaram então a formar um governo. Só que eles escolheram um conhecido opositor do euro para ministro da Finança, Paolo Savona, de 81 anos, e incorreram no veto do presidente Sergio Mattarella.

Foi aí que Giuseppe Conte, acadêmico inexperiente que seria o novo primeiro-ministro, resolveu sair.

A Liga e o 5Estrelas estão agora querendo o impeachment do presidente Mattarella, argumentando que ele trocou um governo eleito pela maioria por alguém que não teve sequer um voto.

O tumulto transbordou da Itália e contagiou a Europa, principalmente Portugal e Espanha, e derrubou 400 pontos da Dow, em Wall Street. Fala-se agora em Italexit, como uma versão do Brexit, o divórcio do Reino Unido da União Europeia.

O primeiro-ministro Cottarelli deve marcar novas eleições para julho ou setembro. Elas tenderão a se tornar de fato um plebiscito sobre o futuro da Itália na Europa, ou a independência.

Tempos difíceis para a União Europeia: o governo espanhol vai enfrentar ainda nesta semana um voto de não confiança. E Hungria e Polônia tornaram-se estranhos no ninho.

Edição: Kleber Sampaio

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212