Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump confirma encontro com Kim Jong-un em Singapura - Jornal Brasil em Folhas
Trump confirma encontro com Kim Jong-un em Singapura


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou hoje (1º) que vai se encontrar com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em Singapura, no dia 12 deste mês, como estava previsto inicialmente desde que a cúpula foi anunciada. A declaração foi feita depois de o presidente se reunir na Casa Branca com Kim Yong Chol, considerado o braço direito do líder norte-coreano.

Trump disse que não discutiu direitos humanos com o representante norte-coreano e que as sanções ao país asiático serão mantidas. Ele ressaltou que não haverá novas sanções enquanto estiverem em curso as negociações. “Eu espero que chegue o dia em que eu possa retirar as sanções”, afirmou Trump.

O presidente americano e o representante de Kim Jong-un também conversaram sobre a negociação para pôr fim, de maneira formal, à guerra da Coreia, que até hoje não terminou, apenas foi interrompida por um armistício.

Trump também disse que Japão, Coreia do Sul e China terão que desempenhar papeis importantes para ajudar a Coreia do Norte a se desenvolver: “É a vizinhança deles. Nós estamos muito longe”, afirmou.

Cúpula

A reunião foi primeiro anunciada pela Casa Branca em março, porém, depois de muitas trocas de acusações entre líderes norte-americanos e norte-coreanos, acabou sendo cancelada no último dia 24 por uma carta de Trump acusando a Coreia do Norte de “hostilidade aberta”. Logo depois, no mesmo dia, Trump voltou a dizer que a reunião ainda poderia acontecer.

Ontem, Kim Yong Chol foi a Nova York para se reunir com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo. Ficou combinado que ele iria a Washington nesta sexta-feira entregar uma carta do líder norte-coreano ao presidente dos Estados Unidos. Desde 2000, durante a presidência de Bill Clinton, um funcionário tão alto do governo norte-coreano não visitava a Casa Branca.

Trump disse que o encontro, daqui a menos de 10 dias, pode não resolver todas as questões pendentes entre Coreia do Norte e Estados Unidos, mas será o início de um processo de construção de relacionamento bilateral.

Edição: Nádia Franco

 

Últimas Notícias

Bolsonaro participa no Chile de Cúpula Presidencial Sul-Americana
Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212